Rádio Câmara deve entrar em operação em 2019 em Caxias do Sul - Política - Pioneiro

Versão mobile

 

Comunicação20/11/2018 | 17h45Atualizada em 20/11/2018 | 17h45

Rádio Câmara deve entrar em operação em 2019 em Caxias do Sul

Emissora vai transmitir na frequência 103.5 FM

Rádio Câmara deve entrar em operação em 2019 em Caxias do Sul Roni Rigon/Agencia RBS
Novo veículo de comunicação obteve autorização do governo federal Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

A Câmara de Vereadores de Caxias do Sul contratou uma empresa para  iniciar o estudo técnico para a implantação de uma Rádio Câmara. A contratação da Loriservice Radiodifusão e Telecomunicações foi publicada no Diário Oficial do município nesta terça-feira (20), com um custo de R$ 14,8 mil.  A emissora vai operar na frequência 103.5 FM e deve ter uma programação de cerca de 18 horas de duração. 

O chefe da Assessoria da Imprensa do Legislativo, Tales Armiliato,  explica que a dispensa de licitação ocorreu por conta do valor orçado ser inferior a R$ 17 mil, mínimo para a elaboração de processos licitatórios. Os gastos foram aprovados pela Mesa Diretora da Câmara de Vereadores. Tales salienta que o trâmite burocrático para a instalação da rádio iniciou ainda em 2014, quando o Legislativo solicitou autorização junto à Câmara Federal e Ministério das Comunicações, mas o sinal verde do governo foi concedido só agora.  

Com a autorização, a Câmara caxiense deve entregar até o dia 19 de dezembro o projeto técnico da rádio ao Governo Federal. Depois dessa fase, o Ministério das Comunicações tem 30 dias para avaliar a proposta e encaminhar alterações ao projeto. 

Com o aval do governo, o município está autorizado a iniciar a elaboração do Projeto de Lei que vai resultar, mediante aprovação do plenário, na efetiva implantação da rádio, através da aquisição de equipamentos e materiais necessários para que a emissora esteja em pleno funcionamento. O Legislativo não irá contratar novos profissionais para a rádio, uma vez que a quantidade de servidores que trabalha atualmente na TV Câmara vai acumular as funções de reportagem no novo veículo de comunicação. 

A emissora terá alcance dentro dos limites do município. Não existe um prazo firmado para que a rádio entre em funcionamento, porque depende da resposta do Governo Federal. A expectativa é que esteja operando até o final do ano que vem. 

Leia também:
Preconceito e pouca representatividade ainda são desafios à população negra
Botijão de gás pode custar até R$ 20 a menos em Caxias

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros