Obras do artista caxiense Rafael Dambros podem ser vistas até esta sexta-feira - Política - Pioneiro

Vers?o mobile

 

Legislativo30/11/2018 | 07h49Atualizada em 30/11/2018 | 09h39

Obras do artista caxiense Rafael Dambros podem ser vistas até esta sexta-feira

Exposição chega ao último dia como a mais visitada no Legislativo, com476 assinaturas no livro de presença

Obras do artista caxiense Rafael Dambros podem ser vistas até esta sexta-feira Lucas Amorelli/Agencia RBS
Exposição "Santificados" reúne 12 obras no subsolo da Câmara, e a polêmica ajudou na visitação contínua do público Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS
Pioneiro

A polêmica exposição Santificados poderá ser conferida até hoje, das 8h30min às 17h, no Espaço Cultural Mário Crosa da Câmara Municipal. A mostra do artista caxiense Rafael Dambros reúne 12 obras produzidas com técnicas mistas de pintura e traços, com base em caneta esferográfica. As manifestações contrárias que causaram grande polêmica na cidade se deram devido a quatro telas que mostram nus frontais de homens e mulheres. A exposição chega no último dia como a mais visitada do Legislativo com 476 assinaturas no livro de presença.

Leia mais
3por4: Exposição de Rafael Dambros já é umas das mais vistas da Câmara de Caxias
Prefeitura de Caxias proíbe visitação de escolas à Câmara de Vereadores por conta de exposição com nudez
Parada Livre e exposição com nudez põem em xeque liberdade de expressão em Caxias do Sul

O trabalho ganhou repercussão após o prefeito Daniel Guerra (PRB) proibir a visita de crianças de escolas da rede municipal à exposição, medida anunciada na semana passada. Segundo a prefeitura, pais de alunos da Escola Municipal Professor Nandi teriam reclamado que seus filhos tiveram acesso à exposição. Após a proibição de Guerra, o trabalho virou alvo de ataques do movimento Direita Gaúcha porque, supostamente, as obras teriam sido visitadas por estudantes de escolas da cidade. Felipe Diehl, um dos representantes do grupo, disse que encaminharia denúncia ao Ministério Público por vilipêndio de objeto de culto (insulto a imagens de santo).

O diretor da escola, Claudio Beust Amador, enviou carta à imprensa na sexta-feira, dia 23, na qual informa que os alunos sequer chegaram a visitar a exposição. Segundo ele, o passeio, organizado pela Secretaria Municipal de Educação (Smed) e Secretaria de Turismo, foi oferecido a todos os alunos do 4º ano e contemplou o prédio da Câmara e os destinos turísticos de Caxias do Sul. Conforme Beust,  em nenhum momento os alunos chegaram a observar as pinturas.

Mesmo diante das críticas e de intenso debate no plenário na Câmara, o presidente do Legislativo, vereador Alberto Meneguzzi (PSB) garantiu a continuidade da exposição no prédio público. De acordo com Dambros, as telas foram confeccionadas a partir de estudos descritivos sobre a representação de símbolos religiosos e a importância deles, na educação e na identidade cultural.

– As imagens têm inspiração na iconografia católica, desenvolvida com o passar dos séculos, nos traços e nas ideias de Michelangelo. Contêm o jogo de sombras dramático de Caravaggio e conceitos contemporâneos de apresentação do corpo – explica o artista.

SERVIÇO

- O quê: exposição Santificados, do artista caxiense Rafael Dambros. São 12 telas confeccionadas a partir de estudos descritivos sobre a representação de símbolos religiosos e a importância deles na educação e na identidade cultural. Entre outros trabalhos, contém imagens de nus frontais de homens e mulheres.
- Horário: 8h30min às 17h.
- Onde: espaço cultural Mário Crosa da Câmara de Vereadores de Caxias do Sul. Fica no subsolo.

Contribuição para criar o hábito de frequentar outras mostras

O artista Rafael Dambros faz um agradecimento aos visitantes, aos funcionários do Legislativo e aos vereadores Alberto Meneguzzi e Denise Pessôa (PT), por iniciativa de quem o espaço foi oferecido à exposição. Para ele, toda a polêmica havida aproximou a comunidade do seu trabalho, e poderá contribuir para criar o hábito de frequentar outras mostras.

— As pessoas chegavam lá com a ideia de que iriam encontrar algo polêmico, errado, mas mudavam de ideia e passaram a ser admiradores do trabalho. É um saldo bem positivo. Acredito que todo esse apoio à exposição, que veio livremente da sociedade, seja uma amostra de que as pessoas prezam pela liberdade de expressão e pela cultura. Lembrando que Caxias já foi a Capital da Cultura e hoje luta para manter a secretaria.

Dambros critica a divulgação das fotos das telas com nu frontal nas redes sociais de pessoas que se manifestaram contrárias à exposição.

— Essas pessoas contribuíram para a divulgação dos nus, inclusive, para menores de idade que têm acesso às redes socais. É irônico – diz o artista plástico.

Leia também
Mirante: vereador terá que prestar serviço comunitário
Secretárias municipais são sócias de empresas em Caxias do Sul
Mirante: ex-deputado federal assume cargo em comissão no governo Michel Temer 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros