"Que ele tenha discernimento e sabedoria para trabalhar as diferenças, diz reitor da UCS, sobre novo presidente - Política - Pioneiro

Versão mobile

 

Repercussão28/10/2018 | 21h15Atualizada em 28/10/2018 | 21h15

"Que ele tenha discernimento e sabedoria para trabalhar as diferenças, diz reitor da UCS, sobre novo presidente

Evaldo Kuiava espera que Jair Bolsonaro posso unir a população

"Que ele tenha discernimento e sabedoria para trabalhar as diferenças, diz reitor da UCS, sobre novo presidente Gabriel Lain/Especial
Respeito às diferenças é um dos desejos do reitor para o novo mandato presidencial Foto: Gabriel Lain / Especial
Pioneiro
Pioneiro

A polarização tem sido uma das características mais fortes dos episódios políticos mais recentes no país. É justamente uma nova união da sociedade brasileira que o reitor da Universidade de Caxias do Sul (UCS), Evaldo Kuiava, aguarda dos próximos quatro anos sob a presidência de Jair Bolsonaro (PSL).  

— Espero que o governo possa unir a população em torno de um projeto de nação. Que o Bolsonaro consiga isso, de fato. Que ele tenha discernimento e sabedoria para trabalhar as diferenças e, a partir delas, conseguir encontrar um novo jeito de fazer a política, um novo jeito de nós valorizarmos nossos princípios, nosso valores, a partir dos quais possamos construir um novo país e uma nova maneira de nos relacionarmos uns com os outros, respeitando as diferenças, mas tendo bases e princípios para construir uma sociedade mais justa e mais igualitária.

Leia também:
Jair Bolsonaro é eleito presidente da República
Em nota, Guerra diz que Bolsonaro e Leite terão prefeito parceiro "Acredito que seja uma quebra de paradigma", diz prefeito de Bento Gonçalves
"O recado é bem claro, que é o de total mudança", afirma presidente do Legislativo de Caxias do Sul

 

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros