Mirante: PDT de Caxias apoia Sartori para o governo do Estado - Política - Pioneiro

Versão mobile

 

Eleições 201816/10/2018 | 18h46Atualizada em 17/10/2018 | 15h28

Mirante: PDT de Caxias apoia Sartori para o governo do Estado

Na segunda-feira, porém, direção estadual decidiu pela neutralidade e determinou que filiados não façam campanha para nenhum candidato ao Piratini

Mirante: PDT de Caxias apoia Sartori para o governo do Estado Luiz Chaves/Divulgação
Governador tem o apoio dos pedetistas de Caxias Foto: Luiz Chaves / Divulgação

A executiva municipal do PDT de Caxias do Sul e os vereadores decidiram apoiar incondicionalmente o governador e candidato à reeleição José Ivo Sartori (MDB). A definição foi tirada em uma reunião nesta terça-feira . O anúncio foi feito pelo presidente do PDT municipal, ex-prefeito Alceu Barbosa Velho. 

Porém, na noite de segunda-feira, o PDT-RS deliberou pela neutralidade no segundo turno e de não fazer campanha nem para Sartori, nem para Eduardo Leite (PSDB).

Alceu afirma que os pedetistas de Caxias farão campanha pela reeleição do governador.

— Até ontem estávamos com Sartori no governo e Caxias sempre teve relação estreita com Sartori —diz Alceu.

Alceu lembra que foi duas vezes vice-prefeito de Sartori e depois o MDB indicou o vice (Antonio Feldmann) quando ele concorreu à prefeitura.

O ex-prefeito ficou como primeiro suplente do PDT na Câmara dos Deputados, com 40.437 votos.

Posição estadual

A posição do PDT de Caxias em relação ao governo do Estado pró-Sartori era natural. Falta agora ver como a direção estadual vai reagir. Afinal, conforme o presidente estadual, deputado federal Pompeo de Mattos, os filiados devem seguir o que foi deliberado.

Em sua redes sociais, Pompeo escreveu: "O diretório do PDT-RS deliberou por ser oposição a qualquer que seja o governo eleito e também pela neutralidade no segundo turno, ou seja, por não fazer campanha para os projetos em disputa. Todos os filiados deverão atender a decisão democrática do partido. "

Pompeo destaca que o PDT não está pregando o voto nulo. "Cada correligionário vota conforme seu desejo e vontade", diz nas redes sociais.

Leia também  
Mirante: prefeito Daniel Guerra dispara contra Sartori na CIC
Mirante: cláusula de barreira impede eleição de candidato do Novo, em Caxias 


 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros