Conheça as propostas de Cabo Daciolo, candidato a presidente pelo Patriota - Política - Pioneiro

Versão mobile

 

Eleições 201805/09/2018 | 07h00Atualizada em 05/09/2018 | 07h00

Conheça as propostas de Cabo Daciolo, candidato a presidente pelo Patriota

Confira o plano de governo do presidenciável

Conheça as propostas de Cabo Daciolo, candidato a presidente pelo Patriota Alex Ferreira/Câmara dos Deputados
Foto: Alex Ferreira / Câmara dos Deputados
Pioneiro
Pioneiro

O Pioneiro está publicando, em ordem alfabética, os planos de governo dos candidato à Presidência da República. O desta quarta-feira é o plano do candidato do Patriota, Cabo Daciolo. A publicação é um resumo das propostas que cada um apresenta nos programas que foram entregues à Justiça Eleitoral. 

>> Conheça as propostas de Álvaro Dias, candidato a presidente pelo Podemos

Natural de Florianópolis, Santa Catarina, Cabo Daciolo é deputado federal pelo Rio de Janeiro. Seu programa de governo leva o nome de Plano de Nação para a Colônia Brasileira. O documento apresenta propostas para as áreas de educação, saúde, segurança,  infraestrutura de transportes e economia. Confira: 

> EDUCAÇÃO
:: Investir 10% do PIB em educação.
:: Aumentar o repasse de recursos aos Estados e municípios para que esses índices sejam ampliados.
:: Valorizar as universidades federais já existentes e criar novas universidades federais e mais campi.
:: Elevar o piso salarial dos trabalhadores em educação. 

> SAÚDE
:: Defender os princípios e diretrizes do SUS.
:: Adotar políticas, programas e ações de promoção, prevenção e atenção à saúde.
:: Dar transparência às informações de caráter público do SUS.
:: Interiorizar a medicina e o trabalho médico.
:: Criar uma carreira de Estado para os médicos que atuam na rede pública.
:: Implantar os planos de cargos e carreiras para os médicos da rede pública.
:: Fortalecer o financiamento, gestão e controle do SUS.
:: Aumentar a participação da União nas despesas sanitárias totais.
:: Aumentar a quantidade dos leitos de internação e de unidades de terapia intensiva (UTI).
:: Atualizar a tabela do SUS. 

> SEGURANÇA
:: Reformulação dos critérios de distribuição dos presos dentro dos presídios e das carceragens de delegacias, além de reestruturar o sistema penitenciário.
:: Focar no combate ao tráfico de entorpecentes.
:: Combater o tráfico de drogas e de armas em áreas de fronteira.
:: Ampliar a quantidade de militares em fronteiras.
:: Aplicar 10% do PIB nas Forças Armadas.
:: Aumentar o efetivo da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Ferroviária Federal – que será efetivada.
:: Criar Centros de Operações Integradas em Áreas de Fronteira com a participação do Exército, Marinha, Aeronáutica, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Agência Brasileira de Inteligência.
:: Articular com governos estaduais e municipais para que policiais civis, militares, bombeiros militares, agentes penitenciários e guardas municipais tenham um piso salarial.
:: Ampliar a quantidade de recursos repassados pela União aos estados.

> INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES
:: Pavimentar 100% das rodovias federais e trabalhar para pavimentar as estaduais e municipais.
:: Aumentar o investimento em logística de transporte.
:: Ampliar as hidrovias e ferrovias para desafogar a malha rodoviária.
:: Implementar novas ferrovias no país. A meta é de construir 150 mil quilômetros de vias férreas. 

> ECONOMIA
:: Reformular as diretrizes macroeconômicas aplicadas no cenário nacional a fim de melhorar os resultados dos indicadores.
:: Reduzir a taxa de juros para atrair investimentos estrangeiros e competir com mais vigor no mercado internacional.
:: Facilitar o trâmite para patentes de produtos nacionais e promover o desenvolvimento do pequeno, médio e grande empreendedor do país.
:: Reduzir a carga tributária.
:: Reduzir a despesa pública e promover uma melhor alocação dos recursos do erário.
:: Fortalecer a competitividade das commodities brasileiras no mercado internacional.

Leia também
Tá no ar: Marina Silva muda tom do discurso para fugir de rótulo de frágil
CPI indicia ex-secretário de Obras de Bom Jesus
Candidato ao governo prestigia lançamento da candidatura de Adiló Didomenico

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros