Período de convenções para escolha de candidatos termina neste final de semana - Política - Pioneiro

Versão mobile

 

Eleições 201803/08/2018 | 21h15Atualizada em 03/08/2018 | 21h15

Período de convenções para escolha de candidatos termina neste final de semana

Veja quais candidaturas já foram definidas 

Período de convenções para escolha de candidatos termina neste final de semana Diego Vara/Agencia RBS
Até esta sexta-feira, sete candidatos à Presidência da República foram confirmados Foto: Diego Vara / Agencia RBS

O final de semana é decisivo para os partidos políticos que ainda não realizaram seus encontros estaduais e nacionais. Desde o início do período de convenções, em 20 de julho, até esta sexta-feira, sete candidatos à Presidência já foram oficializados. A tendência é de que o total de presidenciáveis feche em 15. Neste sábado, mais seis devem ser confirmados. 

A expectativa maior gira em torno do PT, que realiza encontro na parte da manhã deste sábado e homologará o nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Mesmo preso desde 7 de abril, o ex-presidente deve ser confirmado, numa estratégia da sigla de mantê-lo como candidato até que seja julgada sua candidatura pela Lei da Ficha Limpa. 

Fernando Haddad, ex-prefeito de São Paulo, pode ser o nome indicado a vice. Outra possibilidade é Manuela D'Ávila. Na convenção do PCdoB que a confirmou candidata a presidente, na quarta-feira, Manuela deixou aberta a possibilidade de desistir da sua candidatura para integrar, como vice, a chapa de outro candidato, em nome da unidade dos partidos de esquerda. Ao longo dos últimos meses, ela defendeu uma candidatura unificada. 

Em situação mais confortável está o PSDB, que oficializa o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin como candidato a presidente também neste sábado. Na quinta-feira, ele recebeu o "sim" da senadora Ana Amélia Lemos (PP) para ser sua vice. O partido também já conquistou o apoio do chamado Centrão, formado por PP, DEM, PR, PRB e Solidariedade (SD), que era disputado por ele e por Ciro Gomes, candidato do PDT. 

Além do PT e do PSDB, Rede, Novo, Podemos e Patriota confirmam seus candidatos neste sábado. Rede irá oficializar Marina Silva — que já anunciou durante a semana Eduardo Jorge (PV) como seu vice. João Amoêdo, pelo Novo, Álvaro Dias, pelo Podemos, e Cabo Daciolo, pelo Patriota, também serão oficializados candidatos à Presidência no sábado. No domingo, será a vez de Levy Fidelix ser confirmado pelo PRTB e João Vicente Goulart, pelo PPL. 

No RS, definições concentradas no final de semana

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL,  16-05-2018. Fotos atualizadas das fachadas do Palácio Piratini (FOTO), da Assembleia Legislativa e do Tribunal de Justiça do Estado. (FERNANDO GOMES/AGÊNCIA RBS)
Foram confirmados, até esta sexta-feira, três candidatos ao governo do Rio Grande do SulFoto: Fernando Gomes / Agencia RBS

As definições para o governo do Estado se concentram no último final de semana de convenções. Seis nomes devem ser confirmados candidatos ao Piratini entre sábado e domingo. Até agora, apenas os nomes de Jairo Jorge (PDT), Mateus Bandeira (Novo) e Roberto Robaina (PSOL) foram oficializados. 

O governador José Ivo Sartori (MDB), que em nenhum momento disse que concorreria — nem que não estaria na disputa —, será confirmado no domingo como candidato à reeleição. José Paulo Cairoli (PSD) já foi oficializado como vice do MDB novamente. E Sartori, inclusive, participou da convenção do PSD no dia 29 de julho. 

O PT irá homologar o nome de Miguel Rossetto e trabalha para que o PCdoB feche uma aliança. Se abrir mão da candidatura própria, hoje encabeçada por Abigail Pereira, o PCdoB poderá indicar o vice de Rossetto. 

No PP, onde a situação já estava resolvida, inclusive com a indicação de Evandro Soares (DEM) para vice, houve uma reviravolta com o anúncio de que a senadora Ana Amélia Lemos será a vice de Alckmin. Embora Luis Carlos Heinze tenha emitido nota confirmando que sua candidatura ao governo do Estado estava mantida, a tendência é de que o PP abra mão e apoie Eduardo Leite (PSDB). 

OFICIALIZADOS

>> Presidência da República 

> Guilherme Boulos e Sonia Guajajara (PSOL)
> Vera Lúcia e Hertz Dias (PSTU)
> Henrique Meirelles (MDB)
> Manuela D'Ávila (PCdoB)
> Ciro Gomes (PDT)
> Jair Bolsonaro (PSL)
> Eymael (Democracia Cristã)

* Paulo Rabello de Castro (PSC) já foi oficializado vice de Álvaro Dias (Podemos). 

>> Governo do Estado

> Mateus Bandeira (Novo)
> Roberto Robaina (PSOL)
> Jairo Jorge (PDT) 

* José Paulo Cairoli (PSD) já foi oficializado vice na chapa do MDB. 

CALENDÁRIO DE CONVENÇÕES

>> Sábado

RIO GRANDE DO SUL

PCdoB
Às 9h, no Novotel, em Porto Alegre. Abigail Pereira deve ser confirmada candidata a governadora. Mas o PCdoB pode acabar apoiando o PT e indicando o vice de Miguel Rossetto. 

PP
Das 9h às 14h, na Assembleia Legislativa, em Porto Alegre. Com o anúncio de que a senadora Ana Amélia Lemos será a vice de Geraldo Alckmin ao Planalto, o PP deve abrir mão da candidatura ao governo do Estado e Luis Carlos Heinze, então pré-candidato ao Piratini, deve concorrer ao Senado. Assim, o PP passaria a apoiar a candidatura de Eduardo Leite (PSDB). 

PRB
Às 9h, na Câmara de Vereadores de Porto Alegre. 

PSTU
Em Porto Alegre. Candidato é Júlio Flores

NACIONAL

Novo
Das 14h às 18h, em São Paulo. João Amoêdo será oficializado candidato a presidente. 

PSDB
Às 9h, no Centro Internacional de Convenções, em Brasília. O presidente da legenda e ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin será confirmado para concorrer à Presidência.

PT
Às 9h, na Casa de Portugal, em São Paulo. Embora preso, o PT irá apresentar o nome do ex-presidente Lula

Rede
Às 9h, no Minas Hall Espaço de Eventos, em Brasília. Marina Silva será oficializada candidata. O vice será Eduardo Jorge. 

Podemos
Das 8h às 12h, no Paraná Clube, em Curitiba. O senador Álvaro Dias será oficializado candidato a presidente. 

PPS
Às 10h, no San Marco Hotel, em Brasília.

PR
Às 10h, em Brasília. O partido deve definir apoio a Geraldo Alckmin (PSDB). 

Patriota
Às 9h, em Barrinha, interior de São Paulo. Partido deve oficializar o nome do deputado federal Benevenuto Daciolo Fonseca dos Santos, o Cabo Daciolo, a candidato a presidente da República. 

>> Domingo

RIO GRANDE DO SUL

MDB
Das 8h30min às 13h30min, na Assembleia Legislativa, em Porto Alegre. José Ivo Sartori, atual governador, deve ser confirmado candidato à reeleição. 

PSDB
Das 9h às 14h, na Casa do Gaúcho, em Porto Alegre. O evento irá confirmar a candidatura de Eduardo Leite a governador. 

PT
Às 9h30min, no Clube do Comércio. Miguel Rossetto será oficializado candidato a governador. 

PTB
Às 9h, na Câmara de Vereadores, em Porto Alegre. Partido indicou Ranolfo Vieira Júnior como vice de Eduardo Leite (PSDB).

Podemos
Às 9h, em Gramado. O candidato a presidente pelo partido, Álvaro Dias, estará presente.

PPS
Em Porto Alegre. 

NACIONAL

PSB
Das 9h às 17h, no Salão Azul do Hotel Nacional, em Brasília.

PRTB
Às 15h, no Esporte Clube Sírio, em São Paulo. Levy Fidelix deve ser oficializado como candidato a presidente. 

PPL
Em São Paulo. João Vicente Goulart deve ser oficializado candidato à Presidência. 

Leia também
"Seria um belo desafio", diz Rigotto sobre possível candidatura à vice-presidente
Em Caxias, rumos do Centrão são diferentes
Em convenção, PHS decide apoiar candidatura de Henrique Meirelles

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros