Kátia Abreu é confirmada vice de Ciro Gomes - Política - Pioneiro

Versão mobile

 

Eleições 201806/08/2018 | 18h47Atualizada em 22/08/2018 | 11h20

Kátia Abreu é confirmada vice de Ciro Gomes

Ela ensaiava a disputa ao governo de Tocantins, mas acabou aceitando a indicação para compor a chapa presidencial  

Kátia Abreu é confirmada vice de Ciro Gomes Marcelo Camargo / Agencia Brasil/Agencia Brasil
Foto: Marcelo Camargo / Agencia Brasil / Agencia Brasil
Agência Brasil
Agência Brasil

A senadora Kátia Abreu (PDT-TO) foi confirmada nesta segunda-feira como vice na chapa do PDT encabeçada por Ciro Gomes para disputar a Presidência da República nas eleições de 2018. Ao anunciar a decisão, na sede da legenda em Brasília, o presidente nacional da sigla, Carlos Lupi, ressaltou que a escolha da parlamentar era estudada há 15 dias. Ele destacou a importância da união de Ciro com um nome do setor produtivo.

Leia mais
Eleições terão 14 candidatos ao governo Federal e 8 ao governo do Estado

Ciro Gomes elogiou a trajetória da senadora e destacou sua posição durante o impeachment da presidente Dilma Rousseff.  À época, Kátia Abreu contrariou seu partido, o MDB, e defendeu Dilma.

Para o candidato à Presidência da República, a senadora demonstrou respeito e compromisso com a democracia e o povo brasileiro. Ciro lembrou ainda que recebeu apoio da parlamentar na campanha de 2002, quando disputou o cargo de chefe do Executivo. 

Antes de ser lançada vice de Ciro Gomes,  Kátia Abreu ensaiava a disputa ao governo de Tocantins, mas acabou cedendo e aceitou a indicação para compor a chapa.  

— O Brasil precisa de pulso firme, de alguém que saiba impor autoridade sem ser autoritário. Antes da competência e da firmeza, vem honestidade e honradez, qualidades de Ciro, e isso para mim foi fundamental, me deu muita tranquilidade.

A chapa "puro sangue" , que é sustentada apenas no apoio de um partido político,  surgiu depois que o PSB aprovou o acordo construído com o PT, de ficar neutro e não fazer aliança formal na corrida ao Planalto.

Perfil

Primeira mulher a ocupar o Ministério da Agricultura, Kátia Abreu, 56 anos, tem uma história construída em propostas em defesa do setor de agronegócios. É um dos principais nomes da chamada bancada ruralista no Congresso Nacional. Está no segundo mandato no Senado, foi duas vezes deputada federal pelo Tocantins e comandou a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) por três mandatos.

Leia também
Boulos é o primeiro a registrar candidatura à Presidência no TSE
Em palestra na CIC de Caxias do Sul, vice de Bolsonaro apresenta propostas
Três caxienses confirmados nas eleições majoritárias

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros