Governo de Michel Temer cai no colo de Sartori - Política - Pioneiro

Versão mobile

 

Mirante07/08/2018 | 08h26Atualizada em 07/08/2018 | 09h09

Governo de Michel Temer cai no colo de Sartori

Historicamente, o MDB gaúcho sempre alardeou o maior distanciamento possível doMDB nacional

Governo de Michel Temer cai no colo de Sartori Mateus Bruxel/Agencia RBS
Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

A poeira das convenções partidárias do final de semana ainda está baixando. E todo o volume de informações ainda não pôde ser suficientemente esmiuçado. Um fato surpreendente foi que, no caso do encontro do MDB que confirmou José Ivo Sartori à reeleição, surgiu e ganhou visibilidade o alinhamento político do MDB gaúcho com o MDB nacional. Historicamente, o MDB gaúcho sempre fez questão de alardear o maior distanciamento possível das principais lideranças nacionais.

O liame que agora aproximou os dois MDBs surgiu com a candidatura a vice-presidente de Germano Rigotto. Junto com Rigotto, vem o candidato a presidente Henrique Meirelles, abraçado na convenção gaúcha. A chapa é a representante do governo de Michel Temer, com toda a sua impopularidade. Vem mais Romero Jucá, Moreira Franco e outros. Ao abraçar a candidatura de vice, o Governo Temer cai no colo de Sartori, e essa situação terá seu impacto eleitoral, a ser dimensionado.

O MDB gaúcho, que sempre quis distância do MDB nacional, agora tem sua imagem colada a ele. Assim deveria ser, aliás, partidos em sintonia de alto a baixo. O Governo Temer tem palanque no Rio Grande do Sul.

"Foram em uma van"

Outra surpresa da convenção emedebista foi a baixa participação da comitiva caxiense, em um universo de 3,5 mil militantes e simpatizantes que aclamavam o caxiense José Ivo Sartori à reeleição.

– Não  foi grande (a participação caxiense), mas estava bem representada – diz um emedebista local.

Convidado a relacionar os caxienses que estavam na convenção, lembrou de três, mais ele próprio.

– Foram numa van, e foram as pessoas necessárias para que Caxias ficasse bem representada.

Teve mais gente que não foi na van. O vereador Edson da Rosa foi de carro próprio, com os integrantes de seu gabinete na Câmara. Edson foi confirmado candidato à Assembleia.

Em um universo de 3,5 mil participantes da convenção, conforme os números divulgados pelo partido, a representação caxiense na convenção do MDB estadual foi pífia.

Leia também
Listas de melhores gestores têm cinco caxienses
Vereador Edson da Rosa não vê polêmica em declaração de Mourão sobre negros 
Boulos é o primeiro a registrar candidatura à Presidência no TSE
Iotti: Rigotto confirmado como vice de Meirelles

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros