Solidariedade fecha apoio a Alckmin e defende Aldo Rebelo como vice - Política - Pioneiro

Versão mobile

 

Eleições 201829/07/2018 | 16h41Atualizada em 22/08/2018 | 11h39

Solidariedade fecha apoio a Alckmin e defende Aldo Rebelo como vice

Convenção do partido aconteceu no sábado, em São Paulo

Agência Brasil
Agência Brasil

O Solidariedade homologou no sábado (28) apoio ao pré-candidato do PSDB à Presidência da República Geraldo Alckmin. A convenção do partido referendou, por unanimidade entre os delegados presentes, a aliança com o PSDB na corrida presidencial.

O Solidariedade apresentava na disputa eleitoral o nome de Aldo Rebelo, ex-presidente da Câmara dos Deputados e ex-ministro dos governos de Lula e Dilma, como pré-candidato à Presidência.

Presidente nacional do partido, o deputado federal Paulo Pereira da Silva, informou que trabalhará pela indicação do nome de Aldo, que ocupou os cargos públicos filiado ao PCdoB, como candidato a vice-presidente na chapa de Alckmin.

Pacificação

— Vou trabalhar até sábado que vem, quando acontece a convenção nacional do PSDB, pela indicação do nome do Aldo, que considero um homem de esquerda e que pode defender o emprego e o desenvolvimento no próximo governo —, disse o presidente do partido.

Ao discursar, Aldo afirmou que percorreu nos últimos meses vários estados, propondo uma agenda da "pacificação" do país a empresários, representantes da classe média e dos trabalhadores.

— Cumpri minha missão de levar a bandeira do partido pelos estados, defendendo a geração de empregos e a necessidade de reformas para defender o direito dos mais necessitados e dos nossos trabalhadores. Aldo Rebelo acrescentou que agora coloca-se como "soldado" do partido.

Bloco

O Solidariedade forma um bloco partidário com outras quatro siglas: PRB, DEM, PR e PP. De acordo com Paulo Pereira, se o pré-candidato do Solidariedade à Presidência tivesse mais tempo de exposição na televisão conseguiria se viabilizar como candidato à Presidência.

— Os cinco partidos decidiram retirar suas candidaturas para apoiarmos o Geraldo Alckmin. Passo a defender o nome do Aldo junto aos demais presidentes para o indicarmos como candidato a vice na chapa —, afirmou.

Segundo Paulo Pereira, o bloco partidário das cinco legendas terá 28% de todo tempo do horário eleitoral gratuito na televisão e no rádio, além de uma bancada já eleita de 164 deputados federais.


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros