Prefeito de Caxias do Sul nega retaliação a presidente da Amob do Cânyon - Política - Pioneiro

Versão mobile

 

Política06/06/2018 | 19h19Atualizada em 06/06/2018 | 19h19

Prefeito de Caxias do Sul nega retaliação a presidente da Amob do Cânyon

Daniel Guerra (PRB) diz que mais de 80% das demandas solicitadas por meio do Alô, Caxias já foram atendidas

Prefeito de Caxias do Sul nega retaliação a presidente da Amob do Cânyon  Adriano Chaves / Divulgação/Divulgação
Foto: Adriano Chaves / Divulgação / Divulgação

O prefeito Daniel Guerra (PRB) se manifestou no início da noite desta quarta-feira sobre a conversa entre o líder de governo na Câmara Municipal de Caxias do Sul, Chico Guerra (PRB), que também é seu irmão, em que sugere um "corretivo" ao presidente do bairro Cânyon, Marciano Correa da Silva. A conversa ocorreu entre o vereador e o ex-titular da Coordenadoria de Relações Comunitárias, Rafael Bado no final de novembro do ano passado.

Em nota, Guerra diz que as ações da prefeitura são pautadas pela "transparência" e que "não há e nunca houve retaliação a qualquer comunidade do município".

Guerra e Chico participaram de um almoço no 3º Grupo de Artilharia Antiaérea (3º GAAAe). O ato foi uma homenagem ao trabalho desempenhado pelo 3º GAAAe no período da paralisação dos caminhoneiros. Durante essa greve, o Exército auxiliou na escolta de insumos para o tratamento da água e também de combustíveis que mantiveram serviços essenciais em funcionamento neste período.

Confira a nota na íntegra;

"O prefeito Daniel Guerra esclarece que as ações da Prefeitura de Caxias do Sul são pautadas pela transparência. Nessa administração, não há e nunca houve retaliação a qualquer comunidade do município. Todo cidadão faz as suas solicitações de forma igualitária, seguindo a diretriz de governo de trabalhar de forma direta, sem intermediários. Prova disso é que, desde o início da atual gestão, em janeiro de 2017, até esta quarta-feira (6/6), foram recebidas 27.941 solicitações via Alô, Caxias. Desse total, mais de 75% (21.419) já foram atendidas e o restante está tramitando normalmente. No caso específico dos moradores do Loteamento Cânyon, foram 97 registros via Alô, Caxias desde o início da atual administração, sendo que 81 já foram atendidos e os outros 16 estão na fila normal para receberem o devido encaminhamento. Ou seja, mais de 80% das demandas já foram atendidas. Além disso, a comunidade da Zona Norte, da qual o Cânyon faz parte, está sendo atendida pelo governo Daniel Guerra em outras demandas históricas como o pleno funcionamento da UPA 24 Horas e a construção da nova rótula da Codeca, que dá acesso a diversos bairros e loteamentos, entre eles o próprio Cânyon."

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros