Moradores da Serra podem participar da Consulta Popular a partir desta terça - Política - Pioneiro

Versão mobile

 

Prioridades26/06/2018 | 09h50Atualizada em 26/06/2018 | 09h50

Moradores da Serra podem participar da Consulta Popular a partir desta terça

Estão reservados mais de R$ 2,9 milhões para investimento do Estado na região

Moradores da Serra podem participar da Consulta Popular a partir desta terça Mateus Argenta / divulgação/divulgação
Foto: Mateus Argenta / divulgação / divulgação
Pioneiro
Pioneiro

A partir desta terça-feira, até a próxima quinta-feira, começa mais uma edição da Consulta Popular. O processo abre espaço para que a população escolha parte dos investimentos e serviços que constarão no orçamento do Governo do Estado em 2019. Qualquer pessoa com Título de Eleitor pode participar.

Neste ano, o Estado vai distribuir R$ 80 milhões entre as 28 regiões que representam os 497 municípios gaúchos. Esse valor significa 33% a mais do que o reservado para ser cumprido no orçamento estadual deste ano. Ao Corede-Serra, devem ser destinados aproximadamente R$ 2,929 milhões para investimentos.  O valor que cada região recebe é proporcional ao número de habitantes e ao Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (Idese). 

A região da Serra decidiu-se pela indicação de 10 prioridades (ou programas, quadro abaixo), sendo que cada eleitor poderá escolher apenas uma opção. Os projetos que vão fazer parte da cédula de votação foram definidos em assembleias populares por região. O voto é secreto. As cinco prioridades mais votadas de cada região vão ser encaminhadas como prioridades para a inclusão no orçamento do Estado em 2019. Porém, para que uma cidade fique habilitada a receber recursos, é necessário que pelo menos 10% dos eleitores participe da votação. Se não atingir esse patamar de votantes, não recebe. No caso de Caxias do Sul,  32.290 eleitores.

A votação da Consulta Popular 2018/2019 pode ser feita pela internet, por mensagem de celular ou presencialmente. Nos dois últimos casos, a votação será hoje e amanhã. Pela internet, a votação prossegue na quinta-feira. Para qualquer um dos casos, é preciso ter o número do Título de Eleitor.  Em 2017, participaram do pleito cerca de 750 mil pessoas.

PARA VOTAR BEM

Quem pode votar
Estão habilitados os eleitores com domicílio eleitoral na região geográfica do Corede correspondente. No caso de Caxias do Sul, é o Corede Serra.

COMO VOTAR

Pela internet
::No site da Consulta Popular. Até o dia 28.http://www.consultapopular.rs.gov.br/

Presencialmente
:: Nos dias 26 e 27 de junho.
:: Os Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes) e as prefeituras estão divulgando os locais onde serão instaladas as urnas presenciais.
 :: A secretaria executiva do Corede Serra informou que haverá um computador no térreo da prefeitura e nos Hospitais Pompéia, Geral e Tacchini.
:: Na prefeitura, a votação é no horário de expediente (10h às 16h). 
::As prefeituras de Carlos Barbosa e Flores da Cunha também informaram que colocarão um computador e internet à disposição em seus horários de expediente para quem quiser votar.
:: Em Carlos Barbosa, vai das 8h às 12h e das 13h30min às 17h30min. 
:: Mais informações: https://vota.rs.gov.br/places

Por mensagem de texto no celular
:: Nos dias 26 e 27 de junho.
:: Basta enviar uma mensagem para o número 27902, com o texto: RSVOTO#Título do Eleitor#n° do programa (prioridade).

Documentos necessários

Para votar nas urnas presenciais, é necessária a apresentação do Título de Eleitor e/ou Carteira de Identidade. Para votar pela internet ou por mensagem de texto no celular, será preciso informar o número do Título de Eleitor.


ESCOLHA UMA ENTRE 10 PRIORIDADES

:: Cada eleitor poderá escolher apenas uma opção.

::As cinco prioridades (programas) mais votadas de cada região vão ser encaminhadas para inclusão no orçamento do Estado do Estado em 2019.

Prioridades da Serra, que constam na cédula

1 - Programa de apoio e ampliação da infraestrutura rural.
2 - Ampliação, reforma, e aquisição de equipamentos para estabelecimentos de saúde vinculados ao SUS.
3 - Reaparelhamento dos órgãos da segurança.
4 - Regionalização do turismo.
5 - Apoio aos arranjos produtivos locais (APLs).
6 - Incubadoras empresariais. Apoio a incubadoras tecnológicas
7 - Implementação de espaços pedagógicos que favorecem a aprendizagem.
8 - Saúde da Família: aquisição de veículos.
9 - Expansão e fortalecimento do controle social no Rio Grande do Sul. Apoio à criação e fortalecimento dos conselhos municipais dos Direitos das Pessoas com Deficiência.
10 - Apoio aos distritos industriais municipais.

Leia também
Câmara de Vereadores de Caxias inicia estudo para digitalização de documentos
Vice-prefeito de Caxias alfineta postura de vereadores do PSB


 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros