Vereador barrado em escola registra BO contra Secretaria Municipal de Educação de Caxias - Política - Pioneiro
 

Mirante04/05/2018 | 09h55Atualizada em 04/05/2018 | 09h55

Vereador barrado em escola registra BO contra Secretaria Municipal de Educação de Caxias

Rafael Bueno e diretor de sindicato não puderam entrar em escola de educação infantil para verificar condições

Vereador barrado em escola registra BO contra Secretaria Municipal de Educação de Caxias Alessandra Melotti, Divulgação/
Vereador Rafael Bueno e Claiton Melo, do Senalba, justificam que foram proibidos de exercer a função de fiscalizar Foto: Alessandra Melotti, Divulgação

O vereador Rafael Bueno (PDT) e o diretor de Assuntos Profissionais do Senalba (Sindicato dos Empregados em Entidades, Culturais, Recreativas, de Assistência Social, de Orientação e Formação Profissional), Claiton Augusto Vargas Melo, registraram Boletim de Ocorrência no posto da Brigada Militar, no Parque dos Macaquinhos, nesta quinta-feira, depois de terem sido barrados pela coordenadora da Escola de educação infantil Dr. Renan Falcão de Azevedo, no bairro Reolon. 

Leia mais
Professores e pais denunciam condições precárias em escolas infantis de Caxias
Pais de alunos denunciam maus-tratos em escolas infantis de Caxias do Sul
Comissão faz visita a quatro escolas infantis alvos de denúncias em Caxias do Sul

Eles foram conferir situações denunciadas por professores, mas não tiveram acesso. A ordem teria partido da Secretaria Municipal de Educação (Smed).

– Registramos boletim de ocorrência por sermos proibidos de exercer nossa principal função de fiscalizar. Ficamos surpresos porque nos proibiram de entrar, dias depois de afirmarem que estava tudo certo. Isso nos leva a imaginar que não está a maravilha que disseram – declarou o vereador.

O registro foi contra a secretaria e a conveniada Educaxias/Educaritá.

A visita à escola ocorreu em função de um problema de esgoto a céu aberto, que ocorre desde março do ano passado. Em 15 de março deste ano, o vereador fez denúncia ao Ministério Público sobre as más condições das escolas infantis e a Renan Falcão de Azevedo integrava a lista.

O que diz a secretária

A secretária de Educação, Marina Matiello, nega que tenha dado ordem para impedir a entrada, disse que é uma gestão compartilhada e que as escolas — assim como as do ensino fundamental —, têm liberdade de permitir ou não o ingresso. Ela acrescentou que não havia sido marcado horário.

— Falei com a gerente da Smed e com a gerente da Educaritá (Educaxias). Não consideramos adequada a visita da imprensa. E mesmo vereadores e sindicato (as visitas) precisam ser adequadas por causa do fluxo escolar.  

Sobre o registro do BO, ela entende que é um direito, mas alega que houve palavras ofensivas do vereador à coordenação. 

A reportagem do Pioneiro estava acompanhando a visita às escolas e não confirma que houve ofensas.

Leia também
Desembargador do TRF4 palestra em Caxias do Sul na próxima semana

Aprovado projeto que exige nivelamento de tampões em pontos de obras em Caxias
Vereador sugere convênio com RGE para auxiliar Hospital Geral, em Caxias
Vereador define como "invasão de competência" convite do prefeito de Caxias para discutir Plano Diretor

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros