Estado não divulga valor que pretende repassar para manter os leitos do HG, em Caxias - Política - Pioneiro
 

Mirante11/05/2018 | 07h35Atualizada em 11/05/2018 | 07h35

Estado não divulga valor que pretende repassar para manter os leitos do HG, em Caxias

Encontro com direção do hospital ocorreu nesta quinta-feira

Estado não divulga valor que pretende repassar para manter os leitos do HG, em Caxias Márcia Camarano / Divulgação/Divulgação
Secretário disse que Estado está propondo valores adequados de reajuste Foto: Márcia Camarano / Divulgação / Divulgação

A reunião desta quinta-feira do secretário estadual da Saúde, Francisco Paz, com a direção do Hospital Geral, em Porto Alegre, não trouxe novidades. Foi confirmada a informação que havia sido repassada à Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores, presidida por Renato Oliveira (PCdoB), de que não haverá redução de leitos no hospital, mas não foi divulgado o valor do reajuste do convênio. 

Leia mais
Secretário estadual da Saúde garante a vereadores que leitos do HG, em Caxias, não serão fechados

É um mistério. Ninguém estava autorizado a falar sobre o assunto, conforme contatos mantidos pelo Pioneiro. 

No site do governo, consta um texto em que diz que "a Secretaria Estadual da Saúde está propondo valores adequados de reajuste ao convênio para garantir o funcionamento do HG, que é um hospital próprio do Estado". 

Ficou no ar se houve entendimento em relação a quanto o hospital necessita e ao que a secretaria propõe. 

Na Câmara, nesta quinta-feira, o resultado do encontro de quarta foi comemorado. Resta aguardar agora a concretização.

O fechamento dos 50 leitos, anunciado no início de abril, previsto para ocorrer em 60 dias, resulta do déficit do hospital que deve chegar a R$ 7 milhões neste ano. 

Leia também
Presidenciáveis participaram de debate eleitoral antecipado em Gramado

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros