Após registrar BO, vereador pede a saída de secretária de Educação de Caxias do Sul - Política - Pioneiro
 

Mirante08/05/2018 | 17h49Atualizada em 08/05/2018 | 17h53

Após registrar BO, vereador pede a saída de secretária de Educação de Caxias do Sul

Rafael Bueno disse que secretária mentiu ao afirmar que ele havia ofendido coordenadora de escola infantil na semana passada

Após registrar BO, vereador pede a saída de secretária de Educação de Caxias do Sul Franciele Masochi Lorenzett/Divulgação
Vereador Rafael Bueno mostrou fotos dos problemas nas escolas de educação infantil, como esgoto a céu aberto Foto: Franciele Masochi Lorenzett / Divulgação

Depois de registrar um Boletim de Ocorrência (BO) na quinta-feira contra a Secretaria Municipal de Educação (Smed) e a conveniada para administração de escolas infantis Educaxias/Educaritá, o vereador Rafael Bueno (PDT) pediu, na sessão da Câmara desta terça-feira, a saída imediata da secretária Marina Matiello. Ele voltou a falar da situação das escolinhas infantis, ressaltando que todas na cidade estão um caos. O pedetista disse que a secretária é incompetente e mentirosa. Em março, após visitas às escolas, ele fez denúncia ao Ministério Público. 

Leia mais
Vereador barrado em escola registra BO contra Secretaria Municipal de Educação de Caxias
Professores e pais denunciam situações de maus-tratos em escolas infantis de Caxias
Comissão faz visita a quatro escolas infantis alvos de denúncias em Caxias do Sul 

Na semana passada, ele e o diretor de Assuntos Profissionais do Senalba (Sindicato dos Empregados em Entidades, Culturais, Recreativas, de Assistência Social, de Orientação e Formação Profissional), Claiton Augusto Vargas Melo, foram conferir a situção das escolinhas, mas não tiveram acesso na Dr. Renan Falcão de Azevedo, no bairro Reolon. Foi o que motivou o BO.

A secretária, porém, negou que tivesse partido da Smed a ordem para impedir a entrada do vereador e do diretor do sindicato, e disse que Rafael havia proferido palavras ofensivas à coordenação da escola. A reportagem do Pioneiro acompanhou a vistoria na quinta passada e não confirma as ofensas.

A declaração da secretária indignou o vereador. No pronunciamento na Câmara, ele ressaltou que a coordenadora os atendeu muito bem e que ela ligou para a Smed, para a Educaritá e, então, informou que estavam impedidos de entrar, embora conste na Lei Orgânica do município que fiscalizar é função do vereador. 

— Além de ser incompetente, agora virou mentirosa? É feio para uma secretária de Educação — reagiu Rafael.

Ele mostrou fotos retratando diversos problemas, falou sobre falta de material didático e alimentação para as crianças, e lembrou que o plano de governo do prefeito Daniel Guerra (PRB) prevê a construção de escolas verticais de educação infantil, revitalização e ampliação dos espaços existentes prevendo acessibilidade para todos.

— Até o Carandiru tem área melhor de recreação do que as escolas de educação infantil de Caxias — definiu.

 O vereador pediu ao líder de governo, Chico Guerra (PRB), que vejam outro nome para a secretaria, afirmando que a atual titular não tem mais condições de permanecer no cargo.

Na segunda-feira, o BO foi encaminhado ao Ministério Público para que seja incluído no conteúdo de inquérito sobre as escolas de educação infantil.

Leia também
Quórum é baixo, mas reunião do prefeito de Caxias sobre Plano Diretor tem boa avaliação
Apenas sete vereadores vão a reunião convocada pelo prefeito de Caxias do Sul

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros