"Quero ser um instrumento de Deus para essa mudança", discursa Bolsonaro em Caxias do Sul - Política - Pioneiro

Versão mobile

 

Eleições 201805/04/2018 | 22h51Atualizada em 22/08/2018 | 11h30

"Quero ser um instrumento de Deus para essa mudança", discursa Bolsonaro em Caxias do Sul

Pré-candidato a presidente finalizou o dia em evento no Nossa Senhora da Saúde

"Quero ser um instrumento de Deus para essa mudança", discursa Bolsonaro em Caxias do Sul Felipe Nyland/Agencia RBS
Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

A última atividade da noite desta quinta-feira do pré-candidato Jair Bolsonaro (PSL) foi um evento no salão da Igreja Nossa Senhora da Saúde. Um palanque foi montado para o deputado federal discursar. O clima era como o da recepção no aeroporto: de euforia. Bolsonaro agradeceu o carinho dos caxienses e ressaltou que ainda não é candidato. E que se alguém melhor surgir, ele retira seu nome. 

— Mas os outros candidatos que estão aí são muito parecidos — destacou.

Alguém do meio da plateia gritou: 

— São todos comunistas. 

Ele falou de algumas bandeiras, como a segurança pública. Disse que é necessário mudar a lei e aplicar energia "e, se for o caso, mais violência ainda." Bolsonaro também defendeu o direito à posse de arma de fogo aos cidadãos, com alguns critérios a serem estabelecidos. 

O pré-candidato manifestou preocupação com possíveis fraudes na eleição desse ano. Pediu para que cada um de seus apoiadores cobre o voto impresso no pleito. 

— Se tivermos o voto impresso, a gente leva essa no primeiro turno. Povo brasileiro sabe votar, mas o TSE sabe contar. Então, o jogo está completamente desequilibrado. Nós desconfiamos de tudo no Brasil. Por que não podemos desconfiar do Tribunal Superior Eleitoral? — questionou. 

Bolsonaro prestou homenagem póstuma ao ex-deputado Enéas Carneiro e também ao filósofo Olavo de Carvalho. O pré-candidato lembrou que o próximo presidente da República irá indicar três ministros para o Supremo Tribunal Federal (STF) e que Sergio Moro é um bom nome. 

— Quero ser um instrumento de Deus para essa mudança — finalizou. 

Bolsonaro passa a noite em Caxias e segue nesta sexta-feira para São Leopoldo.

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros