Filha do ex-deputado Mauro Pereira é CC no governo Temer - Política - Pioneiro

Versão mobile

 

Mirante24/04/2018 | 08h30Atualizada em 24/04/2018 | 08h30

Filha do ex-deputado Mauro Pereira é CC no governo Temer

Ela está lotada na Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres desde 2016

Filha do ex-deputado Mauro Pereira é CC no governo Temer Roni Rigon/Agencia RBS
Mauro Pereira diz que ela foi indicada pelo PMDB de São Paulo, onde mora, e garante que ele não teve participação Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

A filha do ex-deputado federal Mauro Pereira (PMDB), Bruna Michele Pereira, é cargo em comissão (CC) na Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres, secretaria de governo da Presidência da República. Conforme a ficha cadastral no Portal da Transparência, ela está lotada desde 4 de outubro de 2016. Ou seja, pouco tempo depois de Michel Temer (PMDB) ter assumido definitivamente como presidente da República, em função do impeachment de Dilma Rousseff (PT), em 31 de agosto. 

Leia mais
Ex-deputado Mauro Pereira será assessor parlamentar de Furnas

Inicialmente, ela ocupava o cargo de assessora do chefe de Gabinete da secretaria. Em setembro de 2017, foi alterada função para assessora de Direção e Assessoramento Superior.  A jornada de trabalho é de 40 horas semanais e o salário bruto, R$ 9.926,60.

Bruna mora em São Paulo. No Portal da Transparência, o local de exercício que consta é o Distrito Federal. 

Mauro diz que a filha é advogada, mora em São Paulo há 15 anos e tem militância no partido. 

— Foi o PMDB de lá que a indicou — afirma ele.

Mauro nega que tenha participado da indicação. Ele ocupou a cadeira de deputado de 12 de fevereiro de 2015 a 6 de abril de 2018.

O ex-deputado argumenta que a filha sempre foi envolvida com política, integrou o Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UCS e cogita ser candidata a vereadora ou a deputada estadual.

Forte aliado de Michel Temer, Mauro diz que não fica constrangido com o fato de a filha ocupar cargo no governo federal.

— Ela tem a vida dela, tem profissão e milita no partido. É fanática por política.

Assessor parlamentar

Mauro, por sua vez, passa a ser assessor parlamentar de Furnas, salário de R$ 16 mil. Ontem, ele estava em Caxias. O ex-deputado participou da reunião-almoço da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) e disse que foi justamente em função da nova tarefa, de interlocutor na área de energia elétrica. 

Na quinta-feira, haverá audiência pública, às 8h30min, na CIC, quando poderão se manifestar à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) contra o aumento da energia. Ele embarca nesta terça-feira para Brasília.

Leia também  
Declarações de Daniel Guerra contra Alceu Barbosa Velho geram audiência
"O problema do Brasil é o tamanho do Estado", diz pré-candidato a presidente pelo Novo em palestra em Caxias
"Rico tem de pagar imposto", diz Guilherme Boulos, pré-candidato do PSOL à Presidência da República

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros