Efeito impeachment: prefeitura de Caxias emite sinais de melhora nas relações com a Câmara de Vereadores - Política - Pioneiro

Versão mobile

 

Mirante03/04/2018 | 09h23Atualizada em 04/04/2018 | 13h48

Efeito impeachment: prefeitura de Caxias emite sinais de melhora nas relações com a Câmara de Vereadores

Presidente do Legislativo admite que houve uma flagrante mudança de comportamento por parte do governo Guerra

Efeito impeachment: prefeitura de Caxias emite sinais de melhora nas relações com a Câmara de Vereadores Felipe Padilha/Divulgação
Foto: Felipe Padilha / Divulgação

Novos (e bons) ventos. Pelo menos é essa a impressão diante das reuniões realizadas, na segunda-feira, entre secretários do Governo Daniel Guerra (PRB) e a Câmara de Vereadores. É uma demonstração de abertura. Lógico que a mudança é efeito do processo de impeachment em andamento e das queixas constantes de falta de diálogo. Por isso, sempre fica a dúvida se essa relação será mantida em caso de vitória do prefeito no processo de cassação.

Leia mais
Sessão de julgamento do processo de impeachment do prefeito de Caxias deve ocorrer em 6 ou 9 de abril
Vereadores saem da retranca sobre impeachment de prefeito de Caxias do Sul 

Pela manhã, o presidente da Câmara, Alberto Meneguzzi (PSB), e a presidente da Comissão do Idoso, Gládis Frizzo (PMDB), receberam uma comitiva: o chefe de Gabinete, Júlio César Freitas da Rosa, a secretária de Recursos Humanos e Logística, Vangelisa Lorandi, e a presidente da Fundação de Assistência Social (FAS), Rosana Menegotto, além, naturalmente do líder de governo, Chico Guerra (PRB). 

Eles trataram dos projetos que extinguem 50% dos cargos em comissão da administração direta e indireta e da mudança dos conselhos tutelares, que eram regidos pela FAS, e passarão para a Proteção Social, da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Proteção Social.

Em outra reunião, Meneguzzi, o presidente da Comissão de Legislação Participativa e Comunitária, Adiló Didomenico (PTB), e o presidente da Amob Santa Fé, Joevil Reis da Silva, conversaram com o secretário de Trânsito, Transportes e Mobilidade, Cristiano de Abreu Soares. Foram convidados para a assinatura da ordem de início das obras do trevo de acesso ao bairro Santa Fé, em 19 de abril. 

Meneguzzi admite que houve uma flagrante mudança de comportamento nos últimos dois meses. 

– Espero que se mantenha e que sirva de aprendizado – diz, diante de uma eventual (e provável) derrota do impeachment em plenário.

No Twitter, ele comentou: “Algo bom, mas estranho tem acontecido nas últimas semanas! Secretários e diversos representantes da prefeitura de Caxias do Sul têm procurado a Câmara e a mim para dialogar! Que bom se o mesmo tivesse acontecido ainda 2017!”

A sessão sobre o processo de cassação deve ser na próxima semana. A previsão de que ocorresse na próxima sexta-feira está descartada.

::  O projeto de mudança dos conselhos tutelares para o guarda-chuva da Proteção Social prevê também a criação de cargos especificamente para conselheiros. Atualmente, apesar de eleitos, eles ocupam as vagas como CCs.

Leia também
Com 120 mil visitantes neste fim de semana, Páscoa em Gramado segue até o próximo domingo 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros