Presença do prefeito Daniel Guerra no depoimento do processo de impeachment gera expectativa - Política - Pioneiro

Versão mobile

 

Mirante24/03/2018 | 09h15Atualizada em 24/03/2018 | 09h15

Presença do prefeito Daniel Guerra no depoimento do processo de impeachment gera expectativa

Confronto entre ele e Elói Frizzo foi marcado para segunda-feira, mas não há certeza se vai ocorrer

Presença do prefeito Daniel Guerra no depoimento do processo de impeachment gera expectativa Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Daniel Guerra é o último a depor na Comissão Processante Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

A novidade da semana na política foi a data da Comissão Processante para ouvir o prefeito Daniel Guerra (PRB) no processo de impeachment. Marcado para segunda-feira, às 9h, volta a expectativa quanto ao confronto entre Guerra e o vereador Elói Frizzo (PSB), grande desafeto do prefeito, autor de várias declarações em defesa de sua saída do governo. 

Leia mais
Falta um voto para barrar o impeachment do prefeito de Caxias do Sul
Comissão do impeachment marca nova data para depoimento do prefeito de Caxias   

Se Guerra e Frizzo ficarão cara a cara ainda não está definido. Pela manifestação do advogado de defesa Heron Fagundes ao Pioneiro, a tendência é de que o prefeito não compareça.

— Na minha visão, ele não deve ir. Como vai fazer um depoimento para um algoz, para um inimigo capital? Isso não tem coerência — afirmou.

Guerra é o último a depor. Depois, fica-se no aguardo do parecer final a ser emitido por Frizzo. A partir daí, o próximo passo é o plenário. Oficialmente, falta um voto para derrubar o impeachment. O líder do governo, Chico Guerra (PRB), por sua vez, não esconde que o prefeito já tem votos suficientes, aliás, de sobra, para enterrar a cassação. 

A euforia de adversários verificada em dezembro, quando da admissibilidade do processo pelo fato de a oposição ser maioria esmagadora na Câmara de Vereadores, atualmente cede lugar à dúvida se o parecer será pelo impeachment. Uma derrota em plenário não deve estar nos planos do relator.

Leia também
Senador Paulo Paim propõe Prêmio Naiara Soares Gomes
Morte de Naiara repercute na Câmara de Vereadores de Caxias do Sul
Vereadora explica que comissão não está envolvida na defesa de homem que confessou assassinato de Naiara, em Caxias  
Juventude do PMDB de Caxias do Sul defende Sartori e Rigotto na disputa eleitoral 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros