Depoimento do prefeito de Caxias do Sul no processo de impeachment ainda não tem data definida - Política - Pioneiro

Versão mobile

 

Oitivas13/03/2018 | 09h27Atualizada em 13/03/2018 | 09h47

Depoimento do prefeito de Caxias do Sul no processo de impeachment ainda não tem data definida

Agendamento depende de confirmação de oitiva do ex-procurador do município, Leonardo da Rocha de Souza, prevista para acontecer na próxima segunda

Depoimento do prefeito de Caxias do Sul no processo de impeachment ainda não tem data definida Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Prefeito seria o primeiro depoente do processo, mas teve a participação adiada. Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

As oitivas do processo de impeachment do prefeito de Caxias do Sul, Daniel Guerra (PRB), que estavam previstas para se encerrar na última semana, devem demorar mais do que o previsto. Após adiamentos e transferência de datas e horários, dois depoimentos ainda restam pendentes: o do ex-procurador do município, Leonardo da Rocha de Souza e do próprio prefeito. 

Na sessão em que o secretário da Cultura, Joelmir da Silva Neto, prestou esclarecimentos para a Comissão Processante acerca de supostas irregularidades no Financiarte, o advogado de defesa de Daniel Guerra, Heron Fagundes, solicitou a dispensa do ex-procurador como testemunha, alegando que os questionamentos que seriam feitos a ele já haviam sido respondidos. 

Leia mais:
Na Comissão Processante, secretário da Cultura nega irregularidades no Financiarte
Confira o resumo da primeira semana e quais serão os próximos passos do processo de impeachment do prefeito de Caxias

Após o relator da comissão, vereador Elói Frizzo (PSB), ter se mostrado resistente à solicitação e reiterado o pedido da participação do ex-procurador, ficou acordada a definição de nova data para a oitiva, inicialmente pré-agendada para a próxima segunda-feira. 

No entanto, conforme o presidente da Comissão Processante, vereador Edson da Rosa (PMDB), como ainda não há confirmação se a presença da testemunha se efetivará, permanece a indefinição sobre a data do depoimento do prefeito, que só poderá ser marcado após a oitiva do ex-procurador.

Leia também:
Testemunhas fizeram a defesa de três tópicos da denúncia de impeachment do prefeito de Caxias
Justiça atende pedido e prefeito de Caxias do Sul vai depor após as testemunhas 
Secretária da Saúde de Caxias nega suposta irregularidade apontada em denúncia
Os dois primeiros depoimentos da Comissão Processante da Câmara de Vereadores de Caxias


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros