Caxias do Sul perderá um deputado federal na próxima semana - Política - Pioneiro

Versão mobile

 

Eleições 201830/03/2018 | 13h46Atualizada em 30/03/2018 | 13h46

Caxias do Sul perderá um deputado federal na próxima semana

Peemedebista Mauro Pereira deixa Câmara dos Deputados nos últimos nove meses da atual legislatura

Caxias do Sul perderá um deputado federal na próxima semana Antônio Augusto/Câmara dos Deputados
Foto: Antônio Augusto / Câmara dos Deputados

Com o retorno dos secretários estaduais Giovani Feltes e Márcio Biolchi, ambos do PMDB, à Câmara dos Deputados na próxima semana, o caxiense Mauro Pereira, também do PMDB, perderá o cargo. Mauro é suplente de deputado e permanece no Congresso até o dia 6 de abril. Feltes e Biolchi deixam, respectivamente, as secretarias da Fazenda e de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia e reassumem seus mandatos no dia 7. Conforme a legislação eleitoral, secretários de Estado que desejam concorrer na eleição deste ano precisa se desincompatibilizar até seis meses antes do dia do pleito, que ocorre em 7 de outubro. 

Mauro fechará três anos e três meses como deputado, quase uma legislatura inteira, já que Feltes e Biolchi estão no governo de José Ivo Sartori (PMDB) desde o início do mandato. Como deputado, Mauro participou de um dos episódios mais importantes da história recente do Brasil, o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). O parlamentar sempre foi crítico ferrenho do governo petista e mostrou-se fiel defensor do presidente Michel Temer (PMDB).

Mauro conta, inclusive, que Temer lhe disse que não gostaria que ele deixasse a Câmara dos Deputados, pois "vai fazer falta". O deputado confidencia que está pensando em formas de permanecer em Brasília para pressionar pela liberação de recursos que conquistou junto aos ministérios para obras de infraestrutura na Serra – são cerca de R$ 17 milhões não liberados ainda, segundo ele. Uma delas é o asfaltamento de um trecho de 5 kms entre Alto Feliz e a RS-122. Mauro não dá detalhes de como se daria sua permanência em Brasília, já que não há nada concreto por enquanto. 

– Tenho preocupação com as demandas encaminhadas porque os municípios esperam por isso. Vou solicitar que (Feltes e Biolchi) acompanhem. 

O deputado diz que encerra o mandato muito feliz e satisfeito com o trabalho realizado. 

– A pessoa pode não gostar das minhas posições, mas não pode dizer que não trabalhei – finaliza Mauro, que é pré-candidato a deputado federal. 

Trajetória em Brasília

- Votação do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff – Mauro Pereira teve atuação de visibilidade ao longo do processo, destacando-se no apoio ao impeachment.

- Trânsito no Planalto – Mauro Pereira conquistou espaço entre os políticos mais próximos ao presidente Michel Temer, atuando como fiel defensor do peemedebista, a quem classificou como "um presidente honesto, trabalhador".

Leia também:
Criança baleada em saída de escola de Caxias do Sul está na UTI
"Ele foi correndo e atirando contra as crianças", diz morador sobre ataque junto a escola em Caxias
Motociclista morre após cair de elevada na RSC-453, em Caxias do Sul

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros