Prefeito de Caxias do Sul é hostilizado durante abertura do ano legislativo - Política - Pioneiro
 

Câmara de Vereadores01/02/2018 | 10h30Atualizada em 01/02/2018 | 10h30

Prefeito de Caxias do Sul é hostilizado durante abertura do ano legislativo

Daniel Guerra foi vaiado enquanto discursava na tribuna

Prefeito de Caxias do Sul é hostilizado durante abertura do ano legislativo Juliana Bevilaqua / Agência RBS/Agência RBS
Foto: Juliana Bevilaqua / Agência RBS / Agência RBS

Foi constrangedora a abertura do ano legislativo da Câmara de Caxias do Sul na manhã desta quinta-feira. O prefeito Daniel Guerra (PRB) foi hostilizado por manifestantes durante sua mensagem aos vereadores. O grupo gritava "mentiroso" e "Fora, Guerra".

Apesar dos xingamentos, o prefeito não interrompeu o discurso em nenhum momento. Ele se manteve firme até o final. Guerra fez promessas para esse e os demais anos do seu governo:

— Em 2018, não há como pensarmos em um cenário que não seja positivo, a retomada da economia caxiense, depois de três anos de uma recessão brutal que ocasionou fechamento de empresas e postos de trabalho e impactou inclusive na arrecadação municipal. Inauguraremos e construiremos novas escolas, novas unidades básicas de saúde, nossa guarda estará mais armada para proteger o que temos de mais importante, que é a vida das pessoas.

Não foi somente Guerra que foi hostilizado durante a sessão. Neri, o Carteiro (SD), vereador que votou pelo não acolhimento da denúncia de impeachment do prefeito, também ouviu xingamentos.

Entre os presentes, duas pessoas seguravam cartazes de apoio ao governo.

Foto: Juliana Bevilaqua / Agência RBS

Antes da sessão, Guerra esteve com o presidente da Câmara, Alberto Meneguzzi (PSB). Na sala da presidência, os dois conversaram acompanhados de secretários municipais e de servidores da Casa.

—Viemos retribuir a visita de cortesia que o presidente nos fez no início do ano — disse Guerra.

Leia mais
Iotti: impeachment de Guerra volta à cena
Começa nesta quinta-feira prazo para defesa prévia do prefeito de Caxias
Reinicia o jogo político entre prefeito de Caxias do Sul e vereadores de oposição

Confira o discurso do prefeito:

Senhor presidente, vereador Alberto Meneguzzi, bom dia. Saudando V. Exa. queremos aqui saudar as senhoras e os senhores vereadores. Saudar também o ex-presidente desta Casa, vereador Felipe, saudar o nosso líder do governo, vereador Chico Guerra, saudar, sobremaneira, aqui os secretários municipais, presidentes de autarquias, fundações. Aproveitar esta oportunidade, que estamos na Casa do povo, para me dirigir a esses aguerridos homens da nossa cidade que juntos, com os servidores municipais, que na sua grandíssima maioria, são extremamente competentes, educados e comprometidos em resolver os desafios de nossa cidade. Quero, sobremaneira, também saudar aqui a todos que estão presentes, de forma especial, a quem está nos acompanhando pela TV Câmara, a imprensa aqui presente e de forma, também muito especial, os trabalhadores de nossa Caxias do Sul que, neste momento, estão nos mais diversos pontos da cidade fazendo desenvolvimento e fazendo com que Caxias possa crescer e continuar crescendo. Muito bom dia a todos e desta forma também destacar a todos que nos acompanham pelas redes sociais.

[...]

Neste ano legislativo que se inicia, exaltamos a harmonia institucional entre os poderes Executivo e Legislativo, poderes estabelecidos e independentes que junto ao Poder Judiciário são os vértices do nosso estado democrático, tendo estas instituições como fim último o equilíbrio das forças na sociedade, a pacificação de conflitos e o compromisso com o aperfeiçoamento da cidadania de nossa casa de meio milhão de habitantes, a nossa Caxias do Sul.

2017 foi um ano de ajustes, de por "a casa em ordem”, reformular para crescer e construir sobre sólidas bases, aos próximos 3 anos que nos foram outorgados de forma maciça pelas urnas da cidade em Caxias do Sul. 2018, com muita energia, olhamos para a frente e para as realizações que se seguirão para nossa comunidade de Caxias do Sul.

Para chegarmos até aqui foram necessários ajustes na prefeitura municipal, equilíbrio das contas, priorização dos investimentos em saúde, educação e segurança, para o compromisso e o cumprimento do nosso compromisso irrevogável que assumimos com a população de Caxias, de fazer uma Caxias melhor, mais organizada, mais justa, com uma administração técnica e eficiente para superar os desafios históricos da cidade.

Caxias é o terceiro maior ente público de todo o estado do Rio Grande do Sul.

O Estado está parcelando salários. A capital, Porto Alegre, também está parcelando salários. Caxias não está. Temos um investimento de mais de 660 milhões ano em folha e, ainda assim, fazemos e faremos com que não se atrase ou se parcele salários em nosso município.

E não está, mesmo com o injusto bloqueio de quase R$ 70 milhões – senhor presidente – da prefeitura, o que hoje podemos dizer que é passado e eliminamos o risco, ao menos neste momento, de colapso dos serviços públicos, até que a situação do caso Magnabosco se resolva em Brasília com o competente e brilhante trabalho da nossa Procuradoria-Geral do Município, o qual, de público, queremos saudar o compromisso desses aguerridos homens concursados para o interesse da cidade e de todos os seus munícipes.

O que em outros momentos seria visto – senhor presidente – como a obrigação de qualquer administrador público, hoje, Caxias do Sul é exceção. Exceção positiva, entre grandes cidades não só do Estado como do país.

Administrar em tempos de crise conjuntural na economia do país não é tarefa fácil, requer medidas de gestão e austeridade com o dinheiro publico, dinheiro do contribuinte, dinheiro do pagador de impostos, dinheiro da população, de todos nós.

A Sociedade exige esta conduta dos gestores públicos e as diretrizes deste governo são sólidas para atender ao que a comunidade de Caxias do Sul espera.

Em 2018, não há como pensarmos em um cenário que não seja positivo, a retomada da economia caxiense, depois de três anos de uma recessão brutal que ocasionou fechamento de empresas e postos de trabalho e impactou inclusive na arrecadação municipal. Inauguraremos e construiremos novas escolas, novas unidades básicas de saúde, nossa guarda estará mais armada para proteger o que temos de mais importante, que é a vida das pessoas. Hoje, temos uma redução e uma realidade – senhores e senhoras vereadoras e comunidade de Caxias do Sul – que é uma realidade de que tivemos uma redução significativa no déficit, não apenas da liquidez seca que fora divulgada no ano passado.

Realizamos as intervenções em mais de 14 […] Alô Caxias que foram atendidos – e eu destaco a importância de a população fazer as suas colocações, seus pedidos através do Alô Caxias e através também das indicações aqui na Câmara Municipal. Quatorze mil atendimentos e compramos – senhor presidente – compramos mais de 1,3 mil vagas na educação infantil, ampliamos a Escola Municipal de Ensino Fundamental Sete de Setembro, contratamos mais 25 novos cuidadores totalizando 213 profissionais, inauguramos e mantemos em pleno funcionamento a UPA Zona Norte que tem capacidade de atender com excelência mais de 350 pacientes por dia, geramos 279 empregos na própria UPA, reduzimos a demanda do PA 24 horas em 20%, ampliamos o horário de atendimento do Centro Especializado de Saúde, investimos 14 milhões de reais na compra de medicamentos, reduzimos em 10% a fila de espera na fila por atendimentos odontológicos, conquistamos mais 6 novas vagas no Programa Mais Médicos, iniciamos a implantação de prontuário eletrônico, que irá facilitar sobremaneira o acesso ao histórico do paciente onde quer que ele seja atendido na rede. Também ofertamos mais de 2 milhões de refeições gratuitas ou ao preço de R$1,00, implementamos as operações Largo da Estação Férrea, Cerca Viva, Nômades e Centro Legal, as quais totalizaram cerca de 400 ações só no ano de 2017. Enfim, realizamos diversas atividades as quais, sem a menor dúvida, já começam a impactar positivamente na vida do nosso objetivo máximo ao estarmos aqui, a população de nossa cidade de Caxias do Sul.

Caxias chegará a 2020 com mais viaturas para nossa guarda, mais ambulâncias, redução substancial no déficit de vagas na educação infantil, investimentos em infraestrutura para nossos empreendedores, asfaltamento no interior, teremos conclusa a rótula da CODECA, demanda antiga da comunidade, teremos o Centro de Bem Estar Animal em pleno e total funcionamento, que irá atender de forma carinhosa os animais em situação de rua e abandonados.

Na abertura da vindima, neste domingo, senhor presidente, a Festa da Uva de 2019 já respira, com eventos temáticos que se seguirão durante todo ano de 2018 até a grande festa.

Os eventos autossustentáveis se confirmaram e vem se consolidando em nossa cidade com o aumento substancial da participação da comunidade nas atividades.

Por fim, se faz necessário elevarmos o nível do debate para as questões que são de interesse de nossa comunidade e trabalharmos juntos efetivamente para melhorar nossa cidade e continuarmos a solucionar os problemas históricos que tivemos e continuaremos tendo a coragem de enfrentar.

Caxias possui grandes desafios, é uma metrópole regional que é a locomotiva de uma região de mais de 1 milhão de habitantes.

Nosso papel de protagonismo, econômico, político e institucional em nossa região não pode ser secundarizado – senhor presidente, senhoras e senhores vereadores e comunidade – por manifestações e debates que não são prioridade para nossa cidade, por questões laterais de menor porte que não levam a lugar algum senão ao sectarismo, à divisão permanente e o constante olhar para o retrovisor.

Caxias precisa de todos nós. E que consigamos em 2018 aprovar juntos projetos de interesse de nossa comunidade, que anseia por respostas rápidas e efetivas do poder público.

Senhor presidente, senhoras e senhores vereadores, querida comunidade de Caxias do Sul, querido cidadão.

Senhor presidente, senhoras e senhores vereadores, querida comunidade de Caxias do Sul, queridos cidadãos e cidadãs trabalhadoras, um bom ano legislativo a todos os senhores e senhoras. Muito obrigado e um ótimo ano de 2018 de trabalho. Obrigado, senhor presidente. (Manifestação da plateia)

Leia também
Médicos demitidos pela prefeitura de Caxias e reintegrados pela Justiça retornam nesta quarta-feira
O que os vereadores de Caxias do Sul votaram no primeiro mês de 2018

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros