Para prefeito de Caxias, declarações do relator do impeachment estariam antecipando julgamento - Política - Pioneiro

Versão mobile

 

Mirante19/02/2018 | 10h11Atualizada em 19/02/2018 | 10h11

Para prefeito de Caxias, declarações do relator do impeachment estariam antecipando julgamento

Informação é do advogado de defesa, Heron Fagundes, conforme conversa com Daniel Guerra na sexta-feira à noite

Para prefeito de Caxias, declarações do relator do impeachment estariam antecipando julgamento Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Daniel Guerra quer esclarecimentos quanto aos futuros passos do processo Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

O prefeito Daniel Guerra (PRB) está preocupado com as declarações do relator do processo de impeachment na Comissão Processante da Câmara de Vereadores, Elói Frizzo (PSB), divulgadas na quinta-feira, quando anunciou o parecer pelo prosseguimento da denúncia. Ele entende que o relator está induzindo e antecipando o resultado. 

Leia mais:
"Não deveria se declarar suspeito?", questiona advogado do prefeito de Caxias sobre relator do impeachment
"Me julgo completamente preparado para relatar", diz Elói Frizzo sobre processo de impeachment

A impressão do chefe do Executivo sobre o encaminhamento do processo que pode culminar na perda do mandato foi repassada pelo advogado Heron Fagundes. Eles conversaram sexta à noite. Segundo Heron, o prefeito pediu esclarecimentos dos futuros passos do processo. Guerra ainda não falou à imprensa sobre a decisão da Comissão Processante da Câmara de Vereadores.

O advogado diz que, diferentemente do que alega o relator, de que se encontra “preparado”, o esperado na coletiva de imprensa seria já a definição das datas, apresentação de um cronograma do que foi definido, inclusive já pontuando os dias que serão realizadas as oitivas das testemunhas, e também sinalizando a data final, já que a lei determina 90 dias de prazo para todo o processo.

– E o que foi dito? Que acolheram pelo prosseguimento e que a defesa de mais de 2 mil  folhas foi genérica. Isso é estar preparado para um processo tão caro para a sociedade?

A situação é muito desfavorável ao prefeito. Difícil imaginar que Frizzo não dê parecer final pela cassação. Os votos em plenário, apesar dos 18 a 4 pela admissibilidade em dezembro, dependem, porém, de análises envolvendo candidaturas de vereadores a deputado. Mas entra em questão também o que pode estar sendo negociado com a eventual mudança na prefeitura. 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros