Justiça garante diferença de hora extra a servidores da prefeitura de Caxias do Sul - Política - Pioneiro
 

Ação coletiva27/02/2018 | 19h38Atualizada em 27/02/2018 | 19h45

Justiça garante diferença de hora extra a servidores da prefeitura de Caxias do Sul

Decisão beneficia quem recebeu benefício de janeiro de 2003 a fevereiro de 2009, mas é preciso ação individual

Justiça garante diferença de hora extra a servidores da prefeitura de Caxias do Sul Mateus Frazão/Agencia RBS
Presidente do Sindicato dos Servidores Municipais, Silvana Pirolli Foto: Mateus Frazão / Agencia RBS

Os servidores da prefeitura de Caxias do Sul que fizeram horas extras no período de janeiro de 2003 a fevereiro de 2009 têm direito a receber diferenças de valores não pagas. O Sindicato dos Servidores Municipais (Sindiserv) ganhou uma ação judicial coletiva que garante a atualização da base e da fórmula do cálculo do pagamento do benefício. A decisão está sendo divulgada no site da entidade. Ela foi transitada em julgado no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Isto é, não cabem mais recursos.

Com a sentença do STJ, os servidores que receberam horas extras no período devem comparecer no Sindiserv para ingressar com ações individuais para buscar seu direito. Segundo a presidente do sindicato, Silvana Piroli, a ação coletiva é uma decisão declaratória a todos os servidores que receberam horas extras no período.

– Agora, as ações individuais vão executar o direito de cada servidor. Não se discute mais o direito, agora se discute o pagamento, e vamos cobrar.

Silvana explica que, entre janeiro de 2003 e fevereiro de 2009, a prefeitura aplicou uma base e fórmula de cálculo para o pagamento das horas extras e o método foi questionado pelo sindicato. 

– A prefeitura começou a fazer a correção em 2008 e 2009. A FAS fez o cálculo em 2012. Agora estamos conferindo se existe alguma diferença para os trabalhadores do Samae. A prefeitura foi corrigindo, mas tem o atrasado desse período – diz Silvana.

O Sindiserv não soube informar o número de servidores que têm direito a receber as indenizações, nem o valor total a ser pago, pois cada caso é um caso. Já a assessoria de imprensa da prefeitura informou que 3,2 mil servidores têm direito às diferenças. A Secretaria da Fazenda calcula o valor a ser pago.

Os servidores que têm direito às indenizações devem procurar o Sindiserv (Rua Carlos Giesen, 1.217, bairro Exposição) com CPF, RG, senha do portal ou os contracheques do período de janeiro de 2003 a fevereiro de 2009 e comprovante de residência. Informações pelo telefone (54) 3228-1160.

AÇÕES INDIVIDUAIS

- Quem tem direito: servidores municipais que receberam horas extras.

- Período: janeiro de 2003 a fevereiro de 2009.

- Como: servidores devem ingressar com ações individuais.

- Orientações: Sindiserv, na Rua Carlos Giesen, 1.217, bairro Exposição, ou pelo telefone (54) 3228-1160.

- Documentos: CPF, RG, senha do portal ou os contracheques (janeiro 2003 a fevereiro 2009) e comprovante de residência.

Leia mais
Câmara rejeita veto do prefeito a projeto sobre aplicação de recursos de multas de trânsito em Caxias do Sul
Comissão da Câmara analisará caso de vereador preso por embriaguez em Nova Petrópolis
Seis vetos do prefeito já foram derrubados pela Câmara de Vereadores de Caxias em 2018


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros