Feiras do agricultor estão sem banheiros químicos, em Caxias - Política - Pioneiro
 

Mirante07/02/2018 | 08h41Atualizada em 07/02/2018 | 15h25

Feiras do agricultor estão sem banheiros químicos, em Caxias

Fim do contrato foi em dezembro e deve demorar cerca de 15 dias para normalizar. Vereadores cobram explicações

Feiras do agricultor estão sem banheiros químicos, em Caxias Norberto Soletti/Divulgação
Vereadores Uez, Rafael e Thomé conversaram com a vice-presidente da Associação dos Feirantes e vão pedir explicações à prefeitura Foto: Norberto Soletti / Divulgação

Os vereadores Rafael Bueno e Velocino Uez, ambos do PDT, e Alceu Thomé (PTB) estiveram na feira do agricultor, nesta terça-feira, na Praça das Feiras, conferindo a falta de banheiros químicos públicos que vem desde dezembro, por falta de licitação. O caso será alvo de um requerimento dos três ao Executivo e vai à votação amanhã. 

O contrato com a empresa que aluga os banheiros terminou em dezembro. Somente na última segunda-feira ocorreu novo pregão presencial. Deve levar ainda cerca de 15 dias para normalizar a situação. 

Uez diz que a intenção é saber como o município chegou a essa situação. O Código de Posturas estabelece a obrigatoriedade de colocação de banheiros químicos removíveis. A legislação prevê a instalação em eventos ao ar livre, de qualquer natureza, com público superior a 250 pessoas. 

– E se tivesse Festa da Uva? – exemplifica Uez.

Conforme a vice-presidente da Associação dos Feirantes, Marizete Frare, a situação é precária e a reclamação é geral, de idosos e gestantes, principalmente. Segundo ela, consumidores têm deixado de ir à feira. A vice-presidente disse que o problema ocorre desde dezembro, mas não soube precisar a data.

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semma) diz que o encerramento do contrato foi no fim de dezembro e que as feiras do agricultor estão sem os banheiros desde janeiro. A empresa Tecnisan foi a única que se apresentou e foi declarada vencedora, após análise dos documentos, no pregão presencial de segunda. O próximo passo é a homologação por parte da secretária de Recursos Humanos e Logística, Vangelisa Lorandi. 

Cobrança

Os vereadores questionam se existe uma secretaria específica responsável pela licitação dos banheiros químicos e qual é. Também perguntam como é feita a distribuição dos banheiros entre as secretarias e quantos são destinados para feiras livres, ponto de safra, feira ecológica. Especificamente em relação ao problema constatado, cobram sobre o hiato entre os contratos, deixando os feirantes desassistidos.

Ainda é questionado se houve aviso de que o contrato estaria findando e deixaria os feirantes desassistidos, bem como, se houve falta de energia elétrica utilizada por alguns feirantes para balanças e por qual motivo.


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros