Em visita à Caxias do Sul, José Ivo Sartori evita falar sobre eleição - Política - Pioneiro
 

Governo do Estado18/01/2018 | 17h49Atualizada em 18/01/2018 | 20h11

Em visita à Caxias do Sul, José Ivo Sartori evita falar sobre eleição

Governador fez vistorias em obras asfálticas na região e participou da abertura da Estação Vindima, em Bento

Em visita à Caxias do Sul, José Ivo Sartori evita falar sobre eleição Porthus Junior/Agencia RBS
Sartori e o secretário estadual, Carlos Búrigo, visitaram obras em Caxias e Bento Gonçalves Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

O governador José Ivo Sartori (PMDB) evitou conversar com a imprensa na tarde de hoje durante as visitas às obras de recuperação asfáltica da RSC-453 e ERS-122, em Caxias do Sul. O Pioneiro acompanhou o governador durante as paradas na chamada Ponte Seca e no popularmente denominado Viaduto Torto. O governador também visitou a rótula de aceso à Zona Norte, em frente à Codeca.

Leia também:
Trecho em obras da Rota do Sol será concluído até o fim do mês

Na primeira tentativa de entrevista, Sartori evitou responder qualquer questionamento e entrou no veículo oficial. Na segunda, questionado se a população está entendo o ajuste fiscal proposto por sua administração, que resultado no chamado regime de recuperação fiscal que pretende assinar com o governo federal, o governador respondeu:

- Sempre vai entender. Ela (população) está mais consciente do que muita gente que não aprova (as medidas do governo).

A resposta de Sartori serve tanto para as críticas da oposição como para os aliados como PSDB e PP, que ensaiam uma saída do governo, e PDT, que já saiu. Os dois primeiros partidos já manifestaram o interesse de apresentar candidatura própria, respectivamente, com o ex-prefeito de Pelotas, o tucano Eduardo Leite, e com o deputado federal Luiz Carlos Heinze, ou ainda o prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin, ambos do PP.

Em 34 dias, essa é a terceira visita de Sartori a Caxias em silêncio. Nas duas anteriores _ a inauguração da Central de Polícia, no bairro Jardim América, e na entrega de viaturas para a Brigada Militar, em dezembro, o governador também não concedeu entrevista nos locais em que visitou. Sartori preferiu o discurso oficial em ambas as cerimônias.

Braço direito de Sartori, o secretário de Planejamento, Gestão e Finanças, Carlos Búrigo (PMDB), acompanhou hoje a comitiva e disse que o governador não quer falar sobre a eleição de outubro para não prejudicar a aprovação do pacote de privatização de estatais na Assembleia, que será votado ainda em sessão extraordinária.

– Muitos já estão se anunciando como candidatos, e qualquer manifestação do governador pode atrapalhar a votação dos projetos – explicou Búrigo.

O governador fez outras duas vistorias da RSC-453, em Caxias. Em Bento Gonçalves, Sartori confere o asfaltamento da RS-444, no Vale dos Vinhedos, e participa da abertura oficial da Estação Vindima, que representa o início da colheita da uva no município.

Leia mais:
Saiba quem assume as pastas nas férias dos secretários do  governo Guerra em Caxias


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros