Florense participa do projeto Jovem Senador em Brasília - Política - Pioneiro

Educação política01/12/2017 | 10h36Atualizada em 01/12/2017 | 11h05

Florense participa do projeto Jovem Senador em Brasília

Geysa Berton, 17 anos, é presidente da Comissão de Educação de projeto do Senado

Florense participa do projeto Jovem Senador em Brasília Roque de Sá/Agência Senado
Geysa (em pé) foi escolhida única representante gaúcha para passar uma semana no Senado Foto: Roque de Sá / Agência Senado

A estudante Geysa Berton, 17 anos, que cursa o 3º ano do Ensino Médio na Escola Estadual São Rafael, de Flores da Cunha, é a representante do Rio Grande do Sul no projeto Jovem Senador 2017. Sua redação foi escolhida entre aproximadamente 65 mil trabalhos inscritos no Estado. Na edição deste ano, o tema da redação foi Brasil plural: para falar de intolerância.

Desde terça-feira, os 27 participantes do projeto (um de cada Estado) começaram a discutir propostas legislativas. O grupo de estudantes foi dividido em três comissões formadas pelos jovens senadores: educação, minorias e política (representação e cidadania). Cada uma tem seu patrono: a escritora Cecília Meirelles; a educadora e poetisa Nisia Floresta; e o jurista Sobral Pinto, respectivamente. Os trabalhos legislativos dos jovens senadores seguem hoje.

Eleita presidente da Comissão de Educação Cecília Meireles, que debateu propostas ligadas à educação, a jovem senadora Geysa Berton destaca o engajamento e a interação com os colegas participantes. Hoje, o grupo irá apresentar o projeto de monitoria escolar remunerada para alunos. Geysa conta que a ideia surgiu a partir da necessidade de criar uma alternativa para os estudantes do sistema de turno integral, que atualmente trabalham e auxiliam no sustento da família.

– Esse projeto não atrapalharia os estudos de muitos jovens. A monitoria escolar vai ajudar os alunos com dificuldades, abriria a porta para os alunos (monitores) para a carreira docente e teria um auxílio, uma remuneração.

A proposta prevê que o estudante desempenhe o papel de monitor por, no máximo, 10 horas semanais, pago por meio de uma verba específica do Fundeb, o  Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação. Cada escola seria a responsável por realizar a escolha do estudante monitor.

As propostas aprovadas podem ser analisadas pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) e, depois, transformadas em projetos de lei.

Psicologia e política

A adolescente comunicativa, que já teve interesse pelo jornalismo, agora pretende cursar Psicologia e não descarta o interesse pela política. Geysa conta que as atividades no Senado durante esta semana possibilitaram uma aproximação com o processo de funcionamento de criação de leis.

– Aqui, consegui ver melhor como é o funcionamento e o quanto é bom pensar que estou fazendo uma coisa em prol da população, da sociedade. Minha prioridade é fazer a faculdade de Psicologia, mas talvez possa ter um envolvimento com a política – destaca Geysa.

"O magistério é um sonho de infância. Eu queria dar aula"

Durante a semana, os professores orientadores das redações vencedoras do concurso que selecionou ao projeto Jovem Senador participaram de curso presencial sobre atividade legislativa. A professora de Língua Portuguesa da Escola São Rafael, Edolesia Andreazza, 56 anos, falou da felicidade em classificar o trabalho de Geysa para o Jovem Senador e também destacou o trabalho realizado pelos colegas.

– Ela é uma ótima aluna, mas também teve outros professores que a ajudaram. Estou muito feliz com o trabalho feito no São Rafael. No terceiro ano, damos uma polida nos alunos.

A satisfação de Edolesia também é particular. Após uma carreira consolidada na área da administração, ela resolveu buscar seu sonho de infância. Há apenas um ano, iniciou a dar aulas. 

– Estou convivendo com uma professora que tem 50 anos de magistério. Estou feliz com a minha formação, meus professores e meu curso. O magistério é um sonho de infância. Eu queria dar aula.

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros