Aprovado projeto que extingue 33 horas semanais para novos servidores da Câmara de Caxias do Sul  - Política - Pioneiro

Legislativo05/12/2017 | 18h39Atualizada em 05/12/2017 | 18h39

Aprovado projeto que extingue 33 horas semanais para novos servidores da Câmara de Caxias do Sul 

Proposta foi apreciada nesta terça-feira e depende de sanção do prefeito

Pioneiro
Pioneiro

A Câmara de Vereadores de Caxias do Sul aprovou nesta terça-feira o projeto que  altera o Regime de Trabalho Complementar (RTC) dos servidores. A proposta, de autoria da Mesa Diretora, busca adequar cargas horárias para novos funcionários. 

Atualmente, os servidores com jornada semanal de 33 horas podem alterar a carga para 40 horas semanais com recebimento de gratificação de 33% sobre o vencimento. Se a medida entrar em vigor, a ampliação da jornada para 40 horas será automática para novos servidores. Na prática, não haverá mais concurso para a Câmara de 33 horas semanais.

Servidores que entraram na Câmara até 30 de setembro de 2017 e não optaram pelo Regime de Trabalho Complementar não serão obrigados nem poderão, por iniciativa própria, alterar sua carga horária.

Olhômetro - De olho nos vereadores

Para entrar em vigor, o projeto agora depende da sanção do prefeito Daniel Guerra (PRB).

Leia também
PT de Caxias do Sul quer definir candidatos neste mês
Vereador quer informações sobre serviço de cuidadores na rede de ensino de Caxias do Sul

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros