Prefeito de Caxias envia em dezembro à Câmara projeto de extinção de 50% de CCs - Política - Pioneiro

Mirante25/11/2017 | 10h00Atualizada em 25/11/2017 | 10h00

Prefeito de Caxias envia em dezembro à Câmara projeto de extinção de 50% de CCs

Conforme a proposta, permanecerão 147 cargos no Executivo. No final de 2016, eram 296

Prefeito de Caxias envia em dezembro à Câmara projeto de extinção de 50% de CCs Felipe Nyland/Agencia RBS
Daniel Guerra determinou que nos primeiros dias de dezembro seja enviado projeto de lei à Câmara extinguindo 50% dos CCs Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

O governo Daniel Guerra  (PRB) envia nos primeiros dias de dezembro, à Câmara de Vereadores, o projeto de lei extinguindo 50% dos cargos em comissão (CCs) do Executivo. O corte será de 149 cargos, restando 147. 

Em 31 de dezembro de 2016 eram 296 cargos. As informações são do chefe de Gabinete, Júlio César Freitas da Rosa. Atualmente, o número preenchido não ultrapassa 145, segundo a administração.

A extinção da metade do número desses cargos políticos no governo municipal é promessa de campanha. Logo na estreia da administração, o prefeito Daniel Guerra encaminhou ao Legislativo o corte da verba de representação (50% do salário) dos CCs, que também fazia parte de suas propostas. 

Leia também:  
Tempo indeterminado de licença para vice-prefeito de Caxias não é recomendável, diz assessor jurídico da Câmara
Prefeitura de Caxias do Sul pagou mais do que o teto de R$ 33,7 mil a 52 servidores 

Não foi informado se outras medidas serão encaminhadas para serem votadas até o fim deste primeiro ano de governo, visando a mudanças administrativas, especialmente nas secretarias. 

O projeto de extinção de metade dos CCs chega num momento para tentar melhorar a imagem junto à opinião pública, considerando os vários confrontos registrados nesta administração. O assunto foi tema de muito debate durante a campanha eleitoral do ano passado. 

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros