Família do prefeito de Caxias do Sul usa o nome de Deus para defender a administração municipal - Política - Pioneiro

Mirante06/11/2017 | 09h30Atualizada em 06/11/2017 | 14h48

Família do prefeito de Caxias do Sul usa o nome de Deus para defender a administração municipal

Um dos irmãos de Daniel Guerra disse que Deus está à frente do projeto de cidade

A política Família Guerra, hoje detentora do principal cargo à frente do município, com Daniel comandando a prefeitura de Caxias e o irmão, o vereador Chico, como líder do governo na Câmara, ambos do PRB, força a barra e apela ao usar o nome de Deus. Deveria pagar penitência.

Na edição de sexta-feira do Pioneiro, o irmão do prefeito, Luis, afirmou em uma carta divulgada na seção Do Leitor: “O projeto de cidade que ele (Daniel) e toda sua equipe estão realizando só está acontecendo de forma cirúrgica e eficaz porque Deus está à frente de tudo. Vocês não estão lutando contra o Daniel e sua equipe. Vocês estão lutando contra Deus.”

Foi um recado aos críticos da atual administração. Ele ainda diz que é para tomar cuidado, porque serão levados ao precipício. 

Sem qualquer cerimônia, o irmão do prefeito o coloca como o representante de Deus para executar ações no governo. Usando a fé das pessoas, ele tenta emplacar a ideia de que, se combaterem Daniel, estarão indo contra Deus. Resumo: o que Daniel faz é porque Deus assim quer, portanto, está correto.

Deus acaba servindo para blindar o prefeito. É a teoria gasta do “bem contra o mal”,  que divide em vez de unir. Trata-se de uma idolatria e defesa ao irmão que extrapola a discussão natural. 

Provavelmente, por falta de argumentos consistentes, a intenção foi a de desviar o foco do debate envolvendo questões que causam desgaste ao governo. 

A carta provocou uma tempestade que poderia ter sido evitada. Muitos comentários, especialmente na internet, são de que Daniel Guerra se considera Deus. O assunto virou motivo de indignação e deboche. Mesmo assim, foi importante, porque deixou claro o pensamento familiar (que tem seguidores, óbvio). E é um pensamento preocupante.


 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros