Bento Gonçalves dá adeus a Darcy Pozza - Política - Pioneiro

Luto09/11/2017 | 18h30Atualizada em 09/11/2017 | 20h05

Bento Gonçalves dá adeus a Darcy Pozza

Ex-prefeito foi sepultado no final da tarde desta quinta-feira

Bento Gonçalves dá adeus a Darcy Pozza Felipe Nyland/Agencia RBS
Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

O prédio onde Darcy Pozza passou 12 anos como prefeito foi também o espaço para sua despedida, nesta quinta-feira. Filas se formaram na prefeitura para o último adeus ao líder do PP, que morreu na quarta-feira, aos 79 anos. Eram amigos, familiares, autoridades e admiradores, além de cidadãos de Bento Gonçalves prestando homenagens ao político. 

Leia mais
Região se despede do líder político Darcy Pozza
Morre Darcy Pozza, ex-prefeito de Bento Gonçalves
Disputas por espaço para concorrer geram dilemas em partidos de Caxias
Aplicativo idealizado por vereador de Caxias do Sul é premiado

Em uma mesa na entrada do salão nobre, camisetas e fotos de campanhas das quais Pozza participou. Sobre o caixão, as bandeiras do município de Bento Gonçalves e do Clube Esportivo, duas das maiores paixões dele. Além de prefeito, vereador e deputado federal, Pozza foi jogador e presidente do time de futebol da cidade. 

Triste com a perda do amigo e padrinho político, Guilherme Pasin, prefeito de Bento Gonçalves se emocionou ao lembrar da participação de Pozza em um comício da campanha de 2012, quando ele sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) no palanque. Desde então, Pozza ficou com sequelas e não conseguia falar. As últimas aparições públicas do ex-prefeito foram na comemoração da reeleição de Pasin, no ano passado, e na Festa de Santo Antônio, padroeira da cidade, em junho deste ano.

— Ele era minha referência. É o que eu sonho ainda ser — disse Pasin.

Além de lideranças locais, estiveram no velório de Pozza o presidente estadual do PP, Celso Bernardi, e o deputado federal Jeronimo Goergen (PP). A cerimônia de despedida teve homenagens da família e de políticos. O corpo foi conduzido ao Cemitério Municipal de Bento Gonçalves no caminhão do Corpo de Bombeiros. O sepultamento ocorreu no final da tarde. 

Querido pela comunidade

Entre as centenas de pessoas que passaram pelo velório, estava o aposentado Elói Olyndo Dal Ponte, 87 anos. Amigo da família, ele considera que Bento Gonçalves perdeu o seu grande líder. 

— Igual a ele vai ser difícil. Ele pensava em Bento, no progresso de Bento. Era um político fora de série.

Inês De Borba, 66 anos, funcionária da prefeitura durante os dois últimos mandatos de Pozza, também foi despedir-se do ex-chefe. Das muitas lembranças que ela carrega daqueles anos, a principal foi o pagamento do vale-alimentação aos servidores. A foto com a entrega do benefício, feita no mesmo salão onde ele foi velado, é guardada até hoje por Inês. 

A funcionária também recorda do perfil brincalhão de Pozza: 

—  Plantamos uma árvore juntos, perto da prefeitura. Ele queria uma árvore para fazer sombra e disse que era para eu namorar embaixo dela. 



 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros