Vereadores de Caxias decidem adiar votação de acolhimento do impeachment de Daniel Guerra - Política - Pioneiro

Governo Guerra29/08/2017 | 10h28Atualizada em 29/08/2017 | 10h28

Vereadores de Caxias decidem adiar votação de acolhimento do impeachment de Daniel Guerra

Em clima acirrado, os apoiadores do governo Guerra e pessoas que defendem a saída do chefe de Executivo trocaram xingamentos

Vereadores de Caxias decidem adiar votação de acolhimento do impeachment de Daniel Guerra André Tajes / Agência RBS/Agência RBS
Foto: André Tajes / Agência RBS / Agência RBS

Por uma unanimidade, os vereadores de Caxias do Sul decidiram pelo adiamento da votação de acolhimento da denúncia de acolhimento por infrações político-administrativas e crime de responsabilidade contra o prefeito Daniel Guerra (PRB). O pedido de adiamento foi apresentado pelo vereador Adiló Didomenico (PTB) na sessão da Câmara Municipal desta terça-feira.

Leia mais
Reação popular deve guiar decisão sobre pedido de impeachment do prefeito
Confira os principais pontos da denúncia contra o prefeito de Caxias do Sul
Pedido de impeachment do prefeito Daniel Guerra no centro da discussão


Em clima acirrado, os apoiadores do governo Guerra e pessoas que defendem a saída do chefe de Executivo trocaram xingamentos. A sessão precisou ser suspensa em duas oportunidades durante o grande expediente dos vereadores Edi Carlos (PSB) e Ana Corso (PT) antes mesmo da votação que adiou o acolhimento da denúncia.

A discussão está prevista para retornar na próxima terça-feira. O autor da denúncia, o bacharel em Direito, João Manganelli Neto na estava presente na sessão.

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros