Ingresso de ex-CCs na Justiça contra prefeitura de Caxias é repudiado  - Política - Pioneiro

Mirante21/07/2017 | 08h42Atualizada em 21/07/2017 | 14h46

Ingresso de ex-CCs na Justiça contra prefeitura de Caxias é repudiado 

Ricardo Daneluz e Renato Oliveira mostraram indignação. Frizzo disse que decisão do governo passado de retirar a trimestralidade foi "idiotice"

Ingresso de ex-CCs na Justiça contra prefeitura de Caxias é repudiado  Matheus Teodoro / Divulgação/Divulgação
Daneluz, que foi CC, disse que se sente envergonhado pelos que, no governo passado, concordaram com o corte e agora buscam a reposição inflacionária Foto: Matheus Teodoro / Divulgação / Divulgação

A decisão do prefeito Daniel Guerra (PRB), de autorizar o repasse trimestral da inflação aos secretários municipais e aos cargos em comissão do Executivo, a exemplo do que ocorre com os servidores efetivos, teve apoio de um de seus principais adversários. O vereador Elói Frizzo (PSB) disse que o prefeito está agindo corretamente. O congelamento dos salários havia sido implantado pelo ex-prefeito Alceu Barbosa Velho (PDT) e vinha tendo continuidade nesta gestão.

Leia mais
Prefeito de Caxias do Sul assina decreto que beneficia secretários e CCs
Conflito entre prefeito e vice de Caxias quase tem desdobramento na polícia
Vereador faz voto de pesar por morte de cão


Diretor-presidente do Samae no governo passado, Frizzo bateu forte na medida adotada pelo ex-prefeito.

— Essa história de retirar o percentual do reajuste dos CCs é uma grande idiotice, é uma idiotice. Com todo respeito à administração anterior, eu fui dos que não concordaram com isso, mas cumpri por ser governo.

Frizzo salientou que "não sendo objeto de lei, como decreto, dá margem, agora, que alguns CCs da gestão passada estão entrando na Justiça tentando recuperar esses percentuais". 

— Era uma economia irrisória — definiu. 

Aliás, o ingresso na Justiça por parte de ex-CCs é constrangedor para o governo passado e seus apoiadores. Caso esses ex-CCs obtenham vitória pela reposição inflacionária, a atual gestão poderá ter que arcar com o prejuízo aos cofres públicos pela medida implantada pelo ex-prefeito, que visava justamente a redução de custos.

O vereador Ricardo Daneluz (PDT) repudiou atitudes de ex-CCs que recorreram à Justiça.

— Eu, que fui CC, me sinto envergonhado por essas pessoas. Procuramos fazer um trabalho bom, um trabalho para o bem, e algumas pessoas, infelizmente, que, na época, aceitaram essa questão que foi colocada pelo prefeito Alceu Barbosa Velho, uma contenção de gastos, uma grande atitude... Quem não estava contente, pedisse para sair, não precisava fazer isso neste momento, entrando na Justiça contra o município de Caxias do Sul. 

Quem também condenou a ação dos ex-CCs foi Renato Oliveira (PCdoB).

— Quero dizer que, se for chamado por esta administração, vou lá contra esses CCs. Porque quando o prefeito Alceu chamou todos, ele disse que não ia fazer repasse. Chamou todos mais de uma vez, e concordaram na época.

Conforme Daneluz e Oliveira, apenas uma meia dúzia ingressou com a medida. 

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comHomem sofre fratura nas duas pernas em empresa de Caxias do Sul https://t.co/NlRqVeBNVa #pioneirohá 7 horas Retweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comEstacionamento na Avenida Rio Branco volta a operar em Caxias https://t.co/s6RxA2Xnx1 #pioneirohá 8 horas Retweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros