Esposa do vereador Renato Nunes assume como CC em Caxias do Sul - Política - Pioneiro

Mirante13/07/2017 | 08h46Atualizada em 13/07/2017 | 08h46

Esposa do vereador Renato Nunes assume como CC em Caxias do Sul

Cristiane Nunes passa a ocupar função de assessora administrativa na Codeca

Esposa do vereador Renato Nunes assume como CC em Caxias do Sul Facebook/Reprodução
Renato foi para a Câmara e Cristiane foi selecionada para cargo em comissão  Foto: Facebook / Reprodução

A esposa do vereador Renato Nunes (PR), Cristiane Nunes, passou a ocupar um cargo em comissão na Codeca (padrão 4, R$ 2.539,50). A função é de assessora administrativa organizacional e estará ligada ao setor de RH, conforme a diretora-presidente da Codeca, Amarilda Bortolotto. A atuação será com a segurança do trabalho, recursos humanos e almoxarifado.

Leia mais
Prefeitura de Caxias do Sul muda a relação com a Câmara dos Vereadores
Vereadores dizem que prefeito de Caxias do Sul mente 
Iotti: o ataque aos meios de comunicação


Amarilda diz que escolheu o currículo de Cristiane por entender que se enquadra no perfil para o referido cargo e argumenta que houve a saída de uma CC da Codeca. Ela não vê incoerência frente ao discurso do prefeito Daniel Guerra (PRB) de que em seu governo não existe apadrinhamento. Ela afirma que não houve interferência do prefeito para a escolha da esposa do presidente do PR, partido que integra a coligação Caxias, Força e Coragem! ao lado do PRB e do PEN. 

Renato Nunes, segundo suplente que ingressou na Câmara mediante a ida de Elisandro Fiuza (PRB) para a Secretaria da Habitação, diz que, assim como ele, ela também encaminhou currículo. Antes, ele era CC8.

— Não tem apadrinhamento, ela entregou o currículo. No ano que vem se forma em Gestão Pública. Esta é a segunda seleção que ela participa na Codeca, na primeira não foi chamada porque buscavam outro perfil — diz o vereador.

Cristiane cursa Gestão Pública na Faculdade Anhanguera. Ela descarta que sua ida para a Codeca possa causar algum constrangimento pelas relações político-partidárias.

Que a presença da esposa de um vereador como CC contradiz o que prega o prefeito, isso é fato.

Na terça-feira, os vereadores Elói Frizzo (PSB) e Rodrigo Beltrão (PT) abordaram justamente esse aspecto, colocando sob suspeita a escolha dos CCs mediante seleção de currículos. Essa nomeação vem para colocar mais lenha na fogueira.

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros