Vereador Chico Guerra solicita imagens da Câmara de Caxias para análise - Política - Pioneiro

Mirante24/06/2017 | 10h30Atualizada em 24/06/2017 | 10h30

Vereador Chico Guerra solicita imagens da Câmara de Caxias para análise

Período é de 12 a 16 de junho. Ele justifica que trata-se de fiscalizar o Legislativo. Nos bastidores, comentário é de que possíveis ausências de CCs seriam o alvo

Vereador Chico Guerra solicita imagens da Câmara de Caxias para análise Matheus Teodoro/Divulgação
¿Se surgir algum fato de interesse público, será exposto em sessão, afirma o líder do governo e irmão do prefeito  Foto: Matheus Teodoro / Divulgação

Uma solicitação protocolada pelo vereador e líder do governo Chico Guerra (PRB) ao presidente da Câmara de Vereadores, Felipe Gremelmaier (PMDB), deixa no ar a possibilidade de irregularidades na Casa. Ele pediu as imagens das câmeras de videomonitoramento do segundo e terceiro andares do Legislativo caxiense no período de 12 a 16 de junho, durante as 24 horas e sem edição. Portanto, 120 horas de gravação. É inevitável a expectativa quanto ao que será constatado e ao uso que será feito pelo vereador com essas imagens.

Chico não fala se a medida se deve a alguma suspeita específica e justifica o pedido de forma genérica:

— O objetivo é fiscalizar efetivamente também o Poder Legislativo. Se desta demanda surgir algum fato de interesse público, o mesmo será exposto em sessão.

Os rumores, porém, são de que a intenção é verificar o comparecimento de cargos em comissão ao trabalho, em especial na sexta-feira (16), pós-feriado de Corpus Christi. Também não é descartada a possibilidade de verificar supostas presenças em reuniões políticas nos gabinetes, caso do vice-prefeito Ricardo Fabris de Abreu.

Leia Mais: 
Deputado federal Pepe Vargas assume PT gaúcho neste sábado
Prefeitura de Caxias mantém sob sigilo agenda do prefeito Guerra

Questionado se ele tinha informação de que teria ocorrido algo na semana passada que deva ser apurado, Chico repetiu que trata-se apenas de fiscalização. Ou seja, a exemplo do que os vereadores fazem em relação ao Executivo, o líder do governo demonstra que está de olho no Legislativo.

Gremelmaier autorizou o fornecimento das imagens. Chico disse que o tempo para exame do material vai depender da demanda de serviços no gabinete. A previsão é que o vereador receba as imagens na segunda-feira.

A medida, na verdade, é apenas mais um round do embate entre oposição e situação. Se algo será constatado que possa resultar em denúncia, não se sabe, mas percebe-se que Chico utiliza o mesmo expediente da legislatura passada. Às vésperas do segundo turno para a eleição à prefeitura, o então vereador Jó Arse (PDT) usou imagens das câmeras para entrar com representação contra o irmão de Chico, o hoje prefeito Daniel Guerra (PRB). A acusação era de CC fantasma.

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros