Prefeitura de Caxias mantém sob sigilo agenda do prefeito Guerra - Política - Pioneiro

Mirante23/06/2017 | 08h55Atualizada em 23/06/2017 | 08h55

Prefeitura de Caxias mantém sob sigilo agenda do prefeito Guerra

Chefe de Gabinete disse que não estava autorizado a informar onde estava o prefeito nesta quinta-feira, mesmo afirmando que governo apoia a transparência

Prefeitura de Caxias mantém sob sigilo agenda do prefeito Guerra Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Prefeito teve atividade cercada de mistério  Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

O paradeiro do prefeito Daniel Guerra (PRB), nesta quinta-feira, foi mantido sob sigilo pela prefeitura. Nos bastidores, circulava a informação de que ele havia viajado às 7h para Porto Alegre, rumo ao Aeroporto Salgado Filho. Porém, na prefeitura não houve confirmação, da mesma forma que não foi dito se ele estava em Caxias.

O chefe de Gabinete, Júlio César Freitas da Rosa, e a secretária de Governo, Vania Espeiorin, responderam que Guerra estava em agenda externa. O mesmo foi dito na assessoria de imprensa. A secretária, que também é coordenadora de Comunicação, disse que não sabia onde estava o prefeito.

Júlio Freitas fez muito rodeio quando abordado sobre o assunto, por telefone, mesmo garantindo que a administração apoia a transparência.

— O prefeito está trabalhando em uma agenda externa por Caxias, como faz todos os dias. São assuntos de interesse de Caxias, relevantes para as finanças de Caxias.

Leia Mais: 
Prefeito Guerra e Beltrão sintonizados na sanção de projeto do petista
Sem convite oficial, soberanas vão à paisana na festa dos 127 anos de Caxias
Novela sobre o Fiesporte segue sem prazo para terminar em Caxias do Sul
Decreto de luto oficial alcança apenas ex-prefeitos e ex-governadores ligados a Caxias

Porém, recusou-se a dizer onde era a agenda e perguntou por que a curiosidade sobre onde estava o prefeito nesta quinta-feira. Foi dito a ele — aliás, desde o início da entrevista —, que a informação recebida era de que Guerra teria viajado provavelmente a São Paulo. A intenção era confirmar a viagem, saber o destino e o motivo.

Depois de seguir dando sempre a mesma resposta — "está em agenda externa por Caxias" — e diante da insistência, Júlio, então, disse que falaria com o prefeito sobre o assunto.

Cerca de uma hora depois, em novo contato telefônico, houve o seguinte diálogo:

Mirante: O senhor falou com o prefeito, vai dizer onde ele está?
Júlio Freitas: Não.
Mirante: Por que não pode dizer?
Júlio Freitas: Porque meu chefe não autorizou.
Mirante: É um compromisso particular?
Júlio Freitas: Não, é por Caxias. Uma agenda externa a trabalho, uma demanda por Caxias.
Mirante: Mas se está tudo correto, se ele está trabalhando por Caxias, por que não dizer onde ele está?
Júlio Freitas: É uma questão de estratégia.

Vai entender tanto sigilo...

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comHomem sofre fratura nas duas pernas em empresa de Caxias do Sul https://t.co/NlRqVeBNVa #pioneirohá 9 horas Retweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comEstacionamento na Avenida Rio Branco volta a operar em Caxias https://t.co/s6RxA2Xnx1 #pioneirohá 10 horas Retweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros