Ministro da Indústria palestra em Caxias e diz que Brasil "está de volta na rota do crescimento" - Política - Pioneiro

Reunião-almoço02/06/2017 | 16h39Atualizada em 02/06/2017 | 16h39

Ministro da Indústria palestra em Caxias e diz que Brasil "está de volta na rota do crescimento"

Marcos Pereira falou a empresários na reunião-almoço da CIC 

Ministro da Indústria palestra em Caxias e diz que Brasil "está de volta na rota do crescimento" Porthus Junior/Agencia RBS
Presidente licenciado do PRB, Marcos Pereira é suspeito de ter recebido R$ 7 milhões da Odebrecht Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Sem mencionar a crise política pela qual o governo federal passa nem sua citação na Lava-Jato, o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira (PRB), palestrou aos empresários caxienses citando os avanços na economia nos últimos meses. Presidente licenciado do PRB, ele é suspeito de ter recebido R$ 7 milhões da Odebrecht.  

Leia mais
Em Caxias, ministro do Trabalho pede que "acreditem em Michel Temer"
Vereador sugere que Guerra lidere grande debate para diminuir a tarifa de ônibus em Caxias
Quem são e o que pensam os candidatos à presidência da UAB de Caxias do Sul
Retorna projeto extinguindo verba de representação na Câmara de Caxias

O saldo de 47,7 bilhões de dólares na balança comercial em 2016 e o superávit de 29 bilhões de dólares somente neste ano foram comemorados pelo ministro de Michel Temer durante a reunião-almoço da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias nesta sexta-feira.

— O resultado da balança comercial fala por si só. Nós, realmente, estamos avançando. O portal único do comércio exterior deu exemplo. Ele fez com que as empresas pudessem diminuir o seu prazo, o seu custo para as exportações. Nós vamos implementar importações até o final do ano que vem e isso vai trazer ganhos significativos para a balança, de pagamentos, mas também para a balança comercial. 

Durante cerca de 50 minutos, Pereira discorreu ainda sobre o esforço do governo em reposicionar o Brasil no cenário internacional, com assinatura de acordos de cooperação e facilitação de investimentos, por exemplo. A realização do Fórum Econômico Mundial versão América Latina 2018, em São Paulo, em março, foi uma das conquistas citadas pelo ministro para reinserir o país no calendário internacional, uma determinação, aliás, do presidente Temer. 

As reformas Trabalhista e da Previdência não ficaram de fora do discurso de Pereira. Ele falou da importância da aprovação para a retomada do crescimento do Brasil. 

— As reformas que estamos fazendo são reformas importantes que já mostraram com o resultado do PIB deste primeiro trimestre que o Brasil realmente está de volta na rota do crescimento. 

Por conta do atraso na agenda — o voo previsto para Caxias teve de ser desviado para Porto Alegre devido ao mau tempo —, o ministro não respondeu a perguntas dos empresários, como é costume em encontros da CIC. Na saída, questionado pela imprensa a respeito de sua citação na Lava-Jato, Pereira não quis comentar. 

— Não vou falar sobre isso, meu advogados já falaram, a nota que eu soltei é a que está valendo — limitou-se a dizer. 

Pereira visita à tarde as empresas Tramontina e Marcopolo. Ele retorna a Brasília no final da tarde. Esta é a segunda visita de um ministro a Caxias nesta semana. Na segunda-feira, o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, também esteve na CIC. 

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.com3por4: Ale Amorin participa de Exposição Vinte e Cinco Vezes Duchamp, em Porto Alegre https://t.co/xgGSEULYuv #pioneirohá 9 horas Retweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comConhece O Lenheiro? Desafiada pelo Pioneiro, agência caxiense fez comerciante de lenhas bombar no Facebook https://t.co/188itomY49 #pionei…há 9 horas Retweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros