"A campanha acabou", diz Daniel Guerra, prefeito de Caxias do Sul - Política - Pioneiro

Governo municipal03/06/2017 | 06h30Atualizada em 03/06/2017 | 06h30

"A campanha acabou", diz Daniel Guerra, prefeito de Caxias do Sul

Chefe do Executivo falou com a imprensa nesta sexta-feira, após reunião-almoço da CIC

"A campanha acabou", diz Daniel Guerra, prefeito de Caxias do Sul Porthus Junior/Agencia RBS
Guerra acompanhou palestra do ministro da Indústria, Comércio e Exterior e Serviços, Marcos Pereira, também do PRB Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

O prefeito Daniel Guerra (PRB) quebrou o silêncio e atendeu a jornalistas nesta sexta-feira após reunião-almoço na Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias do Sul. Ele acompanhava a palestra do ministro da Indústria, Comércio e Exterior e Serviços, Marcos Pereira, seu colega de partido. 

Leia mais
Ministro da Indústria palestra em Caxias e diz que Brasil "está de volta na rota do crescimento"
Vereador sugere que Guerra lidere grande debate para diminuir a tarifa de ônibus em Caxias
Quem são e o que pensam os candidatos à presidência da UAB de Caxias do Sul
Retorna projeto extinguindo verba de representação na Câmara de Caxias

Durante cerca de 10 minutos, Guerra respondeu perguntas sobre temas em evidência, como tarifa do transporte coletivo e sequestro de R$ 65 milhões, referente ao processo da Família Magnabosco, que cobra indenização pela área invadida no hoje bairro Primeiro de Maio. Sobre a possibilidade de extinção do Financiarte, deu a entender que esse é o caminho diante da situação financeira do município. 

Sobre a situação do ministro Pereira, presidente licenciado do PRB, que é citado na Operação na Lava-Jato, Guerra diz que não há constrangimento. 

— Constrangimento deve ter quem é citado.

Confira principais trechos da conversa com a imprensa: 

Transporte público
"A gente acredita que o Poder Judiciário terá a sensibilidade de olhar os números, os dados, as planilhas, os balanços, os balancetes, tudo aquilo que fundamentamos com grande propriedade para que não só o Poder Judiciário diga que o Conselho Municipal de Trânsito estava correto ao sugerir a manutenção (da tarifa em R$ 3,40) e nós, ao acolhermos a sugestão embasada na ocasião com o que havia de números e dados à época e mais agora, nós, com esses meses de auditoria, podermos apresentar ao Poder Judiciário de que hoje a tarifa tem de vir a R$ 3,04."

Audiência solicitada pela Federação Nacional dos Médicos (Fenam), sobre a greve dos médicos, negada pela prefeitura
"Ela (Fenam) representa a classe médica particular, não representa em nada a classe dos servidores médicos do município."

Visita do ministro Marcos Pereira, que é do PRB
"Quando estivemos em Brasília, apresentamos diversos dados e números que nos preocupam, que é a questão do desemprego de Caxias do Sul e também o cenário da economia regional e local. Precisamos estar muito próximos ao Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços nos programas do ministério e também contar com o senhor ministro junto aos demais ministérios. Precisamos cada vez mais estreitar essa relação institucional, e é o que nós fizemos."

Guerra com o ministro da Indústria, Comércio e Exterior e Serviços, Marcos Pereira, também do PRB Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Citação do ministro do PRB na Lava-Jato
"Quem me elegeu foi o povo, e o povo conhece o meu posicionamento em relação à questão partidária. Penso e tenho como marca que nosso governo não tem nenhuma ideologia partidária nem bandeira partidária. Nosso governo é voltado à eficiência. Isso a população enxerga a cada dia. Penso que toda e qualquer situação, seja quem for e onde for, deva ter o aprofundamento e a investigação a fundo e, ao se confirmar, deve-se ter o rigor e a punibilidade como prevê a lei."

Constrangimento
"Constrangimento deve ter quem é citado. Essa pergunta deve ser feita para quem foi citado."

Indenização à Família Magnabosco
"
Assumimos esse município quebrado, com déficit superior a R$ 100 milhões e, para agravar essa situação de irresponsabilidade de gestões passadas, tivemos agora essa situação do processo Magnabosco, onde, de uma forma arbitrária, excessiva e injusta, a cidade de Caxias teve seus recursos sequestrados. Sequestraram, inclusive, recursos que não eram do caixa do município, eram recursos com destinação do governo federal para saúde e educação. Uma tremenda de uma falta de sensibilidade em pôr uma cidade inteira em colapso por causa de um único particular. Nós vamos e estamos lutando contra essa situação e lutaremos até a última instância, porque não concordamos e entendemos que não somos parte desta situação do processo. Por isso que estive no Supremo Tribunal Federal e no Superior Tribunal de Justiça e apresentamos aquilo que já está nas nossas ações e nos nossos recursos. A gente fica espantado ao ver que, mesmo tendo recurso em instância superior, o tribunal no Rio Grande do Sul tenha ocasionado esse grande prejuízo para a população de Caxias do Sul."

Financiarte
"Com todo esse cenário de déficit, onde temos um risco, inclusive da folha de pagamento, o qual não admitiremos que haja atraso na folha, em nenhum momento admitiremos parcelamento nos salários, é óbvio que temos prioridades e urgências. As nossas são muito claras desde o primeiro dia: saúde, educação, segurança e folha do funcionalismo em dia. Todas as outras áreas, em que pese serem importantes, elas não são urgentes e, por não serem urgentes, só vão estar na ordem do dia após supridas as urgências do município."

Nem sempre o prefeito fala
"Temos a diretriz que, quando demandados, cada assunto tem de ser primeiramente tratado com o especialista da pasta para que se ganhe agilidade, eficiência e solução. Temos de dar velocidade à solução que nos chega."

Oposição
"Acredito que, apesar de tudo que temos visto de corrupção no país, a democracia ainda é um sistema que deve ser fortalecido. Eu respeito as opiniões diferentes, isso é da democracia, e a gente precisa entender que a campanha acabou. A gente precisa unir todas as forças com o mesmo objetivo. É isso que fazemos todos os dias, é isso que continuaremos fazendo, e a gente compreende ainda o luto de diversas pessoas que quereriam procrastinar a forma de gestão e de trabalho que era feita até então, uma forma que não contempla o que a população queria. Ou seja, a forma da velha política alguns ainda desejam e são pouquíssimos, dentre eles, muitos vereadores gostariam que o sistema da velha política continuasse em Caxias do Sul."

Protesto de taxistas na frente da casa de Daniel Guerra, contra o Uber
"Penso que, nas vias públicas, deve se dar o direito de ir e vir de todos os cidadãos. Eu soube que havia alguns taxistas, quando saí da prefeitura e fui até a minha casa já não tinha ninguém. E o horário que cheguei é o horário habitual que chego todos os dias. Mas como diz a minha esposa: se alguém quiser se esconder de mim, deve ir lá em casa."

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comEm jogo decidido no detalhe, Apahand estreia com derrota na Liga Nacional Feminina https://t.co/GDUXZ9GeH4 #pioneirohá 9 horas Retweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comJuventude x América-MG: tudo o que você precisa saber sobre a partida https://t.co/ZnPEcuabQk #pioneirohá 10 horas Retweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros