Michel Temer revida, mas abalo continua - Política - Pioneiro

Mirante22/05/2017 | 07h00Atualizada em 22/05/2017 | 15h42

Michel Temer revida, mas abalo continua

Presidente atacou o empresário Joesley Batista, dono da JBS, no segundo pronunciamento, no sábado 

Michel Temer revida, mas abalo continua José Cruz / Agência Brasil/Agência Brasil
Foto: José Cruz / Agência Brasil / Agência Brasil

Depois da feijoada oferecida aos aliados, no sábado, o caldo engrossou para o lado do presidente Michel Temer (PMDB) com a decisão do Conselho da OAB de ingressar com pedido de impeachment. O pronunciamento, feito às pressas pelo peemedebista para dar uma acalmada na opinião pública e nos partidos que o apoiam, não convenceu a OAB.

Leia Mais:
Em Brasília, ex-vice-prefeito de Caxias defende "punição exemplar" aos que roubaram o país
"Acho uma pena tudo isso", diz Paula Ioris, vereadora de Caxias do Sul, sobre Aécio Neves
"A situação de Temer ficou muito difícil', analisa ex-governador Germano Rigotto

O entendimento é de que houve omissão ao tomar conhecimento de prática delituosa na conversa com Joesley Batista, dono da JBS. Aliás, como pode um político experiente como Temer ficar ouvindo um ¿bandido¿, como se referiu a Batista, sem tomar providências? Dizer que não acreditou é superficial e não o isenta da responsabilidade.

O que Temer conseguiu até agora foi a autorização pelo STF de perícia da Polícia Federal na gravação e o julgamento, quarta, para suspender as investigações até o fim da análise do áudio. A impopularidade do presidente ajuda a colocar mais lenha nessa fogueira.

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comFeirão de Imóveis oferece oportunidade de negócios em Caxias do Sul https://t.co/9LMaVur2Iy #pioneirohá 9 horas Retweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comPedro Guerra: O enterro do CNPJ https://t.co/NqkBpkxnw2 #pioneirohá 10 horas Retweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros