Projeto de lei propõe mudanças em placas de identificação preferencial a idosos em Bento Gonçalves  - Política - Pioneiro

Legislativo10/04/2017 | 13h34Atualizada em 10/04/2017 | 14h52

Projeto de lei propõe mudanças em placas de identificação preferencial a idosos em Bento Gonçalves 

Para vereador Eduardo Verissimo (PP), autor da proposta, imagem atual, que mostra pessoa curvada e com bengala, é constrangedora 

Projeto de lei propõe mudanças em placas de identificação preferencial a idosos em Bento Gonçalves  Reprodução / Gaúcha Serra/Gaúcha Serra
Segundo vereador, nova imagem (à direita) foi escolhida em campanha na internet   Foto: Reprodução / Gaúcha Serra / Gaúcha Serra

Um projeto de lei do vereador Eduardo Verissimo, do PP de Bento Gonçalves, propõe alterar o pictograma (desenho) de placas que identificam áreas ou serviços para idosos em repartições públicas do município. O texto vai passar por primeira votação na Câmara nesta segunda-feira. Caso seja aprovado, a imagem que representa uma pessoa com as costas curvadas e utilizando bengala deixará de ser utilizada. No lugar, seria adotada uma imagem que mostra a pessoa com as costas eretas e ao lado a inscrição "60+". As informações são da Gaúcha Serra.

Leia mais
IFRS oferece quase 200 vagas para cursos gratuitos em três municípios da Serra
Polícia faz buscas a assaltantes que roubaram carga de cigarro em Campestre da Serra

No projeto, o vereador argumenta que é constrangedor aos idosos encontrar placas que demonstrem incapacidade. Segundo ele, a imagem atual "não espelha apropriadamente a população idosa contemporânea, cujos integrantes, em sua maioria, continuam muito ativos depois de atingir 60 anos de idade, demonstrando higidez física e mental" e que a nova representação proposta está "mais de acordo com os sexagenários, septuagenários e octogenários que estão aí, firmes e fortes, gastando o seu tempo de maneira ativa, trabalhando e querendo aproveitar a vida".

Conforme o vereador, o novo desenho foi escolhido por uma campanha nacional na internet com mais de 1,5 mil propostas de imagens. Ele disse ainda que realizou um estudo que concluiu que hoje os idosos se enxergam como uma pessoa ativa. O projeto prevê que todas as placas e inscrições de espaços públicos sejam substituídos. Em caso de descumprimento, o texto prevê advertência e multa de, no mínimo, 50 Unidades de Referência Municipal (URM).

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.com3por4: Violonista Marcello Caminha se apresenta em Caxias https://t.co/B0PdRobIcW #pioneirohá 7 horas Retweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.com3por4: Belfast lança nova coleção em Carlos Barbosa https://t.co/da9rrwBOcf #pioneirohá 8 horas Retweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros