Prefeito demonstra descaso com Poder Legislativo ao excluí-lo de comissão da Maesa - Política - Pioneiro

Mirante19/04/2017 | 08h30Atualizada em 19/04/2017 | 08h30

Prefeito demonstra descaso com Poder Legislativo ao excluí-lo de comissão da Maesa

Após polêmica, Daniel revogou decreto que nomeava o irmão, vereador Chico Guerra, e optou por ignorar a Câmara

Prefeito demonstra descaso com Poder Legislativo ao excluí-lo de comissão da Maesa Porthus Junior/Agencia RBS
Ficou evidente o descontentamento de Daniel por ter que tirar o irmão, o vereador Chico Guerra, da comissão Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Foi uma demonstração de total descaso do governo de Daniel Guerra (PRB) a exclusão do Poder Legislativo da Comissão Especial que irá definir a ocupação do prédio da Maesa. Ao revogar os decretos de 10 de março, em que o líder do governo Chico Guerra havia sido nomeado como integrante sem que a escolha passasse pela Câmara, o prefeito poderia ter dado um passo para melhorar as relações. Porém, seguiu o caminho de um novo mal-estar, sem necessidade.

São 18 entidades com representação e o Legislativo, do qual Daniel Guerra fazia parte até o final do ano e queixava-se diversas vezes do atendimento do Executivo, ficou de fora.

Leia Mais: 
Câmara de Vereadores de Caxias é retirada de comissão para discutir ocupação do prédio da Maesa
Conheça os possíveis nomes de Caxias do Sul para a disputa de 2018

Naturalmente, haverá quem defenda que a medida foi para preservar o governo de possíveis divergências e "politicagens" diante de uma indicação da Câmara que poderia recair em um desafeto do prefeito. Ainda que fosse isso, é inadmissível. Vereadores são eleitos para representar a sociedade, e ao parlamento cabe indicar quem representará a Casa.

A Câmara de Vereadores tem uma antiga e larga contribuição para a conquista da cessão do uso do prédio. E o prefeito sabe disso.

Chico Guerra diz que declinou da nomeação para evitar manifestações políticas em relação a esse tema e assim evitar a tentativa de mácula à comissão. Correto. O que não é certo é o prefeito eliminar a presença da Câmara. Fica evidente o descontentamento por ter que tirar o irmão.  


 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comExperimente brigadeiro de churros https://t.co/v4VX78ImKR #pioneirohá 11 horas Retweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comProjeto de circulação do "Travessia - Uma Commedia Trágica" tem apresentação neste sábado, em Caxias do Sul https://t.co/MeatkHy88T #pione…há 12 horas Retweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros