"Projeto de cidade começa a fazer eco", avalia Daniel Guerra, diante de emendas sugeridas ao orçamento - Política - Pioneiro

Mirante17/11/2016 | 08h36Atualizada em 17/11/2016 | 09h32

"Projeto de cidade começa a fazer eco", avalia Daniel Guerra, diante de emendas sugeridas ao orçamento

Alterações somam R$ 28,412 milhões e preveem redução de CCs e de gastos em publicidade

"Projeto de cidade começa a fazer eco", avalia Daniel Guerra, diante de emendas sugeridas ao orçamento Douglas Hoffmann/Divulgação
Comissão de Desenvolvimento Econômico, Fiscalização e Controle Orçamentário presidida por Guila Sebben vai analisar as sugestões Foto: Douglas Hoffmann / Divulgação

Foram apresentadas, nesta quarta-feira, 22 emendas ao orçamento de 2017, o primeiro a ser executado por Daniel Guerra (PRB) à frente da prefeitura de Caxias do Sul. As alterações propostas em audiência pública na Câmara de Vereadores somam R$ 28,412 milhões.

Leia mais
As articulações para presidir a Câmara de Vereadores de Caxias 
Prefeito eleito de Caxias do Sul, Daniel Guerra quer cerimônia de posse simples
Antecipação de IPTU mostra como 2017 será um ano difícil para a prefeitura de Caxias do Sul
Divisão no PMDB foi um dos fatores decisivos para derrota de Néspolo, diz presidente do PDT de Caxias 

Guerra concorda com o que está sendo sugerido e que agora vai para análise da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Fiscalização e Controle Orçamentário, presidida por Guila Sebben (PP). O futuro prefeito considera que "o projeto de cidade, eleito nas urnas, começa a fazer eco, independente de questões ideológicas".

A bancada do PT sugere 21 emendas, totalizando R$ 27,412 milhões. R$ 19, 412 milhões são para a abertura da UPA Zona Norte e R$ 8 milhões para a construção de quatro escolas de educação infantil. A bancada do PTB propôs que R$ 1 milhão da verba de publicidade vá para a Apae e para o Fundo Municipal do Idoso. Ou seja, R$ 500 mil cada um.

— Qualquer ação que venha a confirmar o que foi aprovado nas urnas é salutar. O projeto de cidade está começando a ser compreendido, inclusive na Casa do Povo — afirma Guerra.

As emendas do PT preveem justamente a captação de R$ 15,412 milhões da redução de cargos em comissão e verbas de representação em 19 órgãos da administração, conforme defendido por Guerra. Mais R$ 4 milhões sairiam da Secretaria de Obras e Serviços Públicos, totalizando o valor destinado à UPA. Também dessa secretaria seriam retirados R$ 8 milhões de investimentos, tendo como destino as escolas de educação infantil nas regiões do Esplanada, Santa Fé, Mariani e Campos da Serra.

A peça orçamentária fixa R$ 1.918.796.052,12 para o exercício econômico-financeiro do próximo ano. Após receber o parecer jurídico, as emendas seguem para votação dos vereadores em plenário, o que deve ocorrer até o início de dezembro.

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comVice eleito de Caxias já fala em demitir secretários, se assumir prefeitura interinamente https://t.co/fEJgaobqTW #pioneirohá 4 minutosRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comIndústria de Caxias deve ter o pior faturamento da história recente em 2016 https://t.co/zyuvhAKPo2 #pioneirohá 24 minutosRetweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros