Corede Serra escolhe projetos prioritários para a região até 2030 - Política - Pioneiro

Desenvolvimento23/11/2016 | 08h07Atualizada em 23/11/2016 | 08h24

Corede Serra escolhe projetos prioritários para a região até 2030

Nesta quarta-feira, conselho se reúne para discutir 10 projetos que vão receber investimentos estaduais e federais. Triplicação da ERS-122 é uma das propostas

Corede Serra escolhe projetos prioritários para a região até 2030 Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Triplicação da RS-122, entre Farroupilha e Caxias do Sul está entre as principais obras de infraestrutura propostas para o desenvolvimento regional Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

A triplicação da RSC-453/ERS-122 entre Caxias do Sul e Farroupilha (o trecho é mais conhecido como ERS-122) e a construção de uma nova ponte entre Bento Gonçalves e Veranópolis são as principais obras de infraestrutura propostas para o desenvolvimento da região nos próximos 15 anos. As duas reivindicações estão no Plano de Desenvolvimento Regional 2016-2030, que será apresentado nesta quarta-feira, a partir das 9h, na Sala Florense do Bloco M da Universidade de Caxias do Sul (UCS). Os participantes terão a oportunidade de discutir e votar a relação dos projetos e, ao mesmo tempo, definirem as prioridades para a região. O plano será referência para orientar os investimentos estaduais e federais.

Leia mais
Licitação para serviços funerários abre espaço para fim do monopólio em Caxias
Arborização urbana de Caxias: resultados mostram 463 mil árvores, mas pouca biodiversidade
Saiba como ajudar nas festas de Natal para crianças em bairros de Caxias do Sul

O Conselho Regional do Desenvolvimento da Serra (Corede Serra) reuniu 96 projetos que estão divididos em sete estratégias. Entre as propostas, também constam o incremento de serviços públicos em Bento Gonçalves, a implantação de parques tecnológicos com a atração de empresas estrangeiras – entre eles o TecnoUCS –, a conclusão e implementação do Hospital Materno Infantil em Caxias do Sul e oferecer infraestrutura para atendimento nas áreas de traumatologia, ortopedia, cardiovascular e oftalmologia, além do cercamento (abrangência da cobertura) de videomonitoramento na região.  A assembleia vai elencar 10 prioridades entres as 96 propostas.

Na área da infraestrutura, o documento prevê ainda a duplicação de nove rodovias, entre elas a RS-122, entre Farroupilha e São Vendelino, a RSC-453, entre Farroupilha e a BR-470 em Bento, a RSC-453 entre Caxias do Sul e Aratinga (Rota do Sol) e a RS-444, entre Bento Gonçalves e Monte Belo do Sul (Vale dos Vinhedos). A pauta foi definida em seis reuniões de microrregiões em Nova Prata, Bento Gonçalves e Caxias do Sul – duas em cada cidade.

O trabalho iniciou-se em março e está sendo elaborado por um grupo de professores e técnicos da UCS.

Segundo o presidente do Corede Serra, Isidoro Zorzi, os participantes vão poder avaliar, corrigir, ampliar ou reformular as propostas na assembléia.

– A gente vai encaminhar (o Plano) ao governo do Estado para que as diferentes secretarias assumam essas propostas como sendo parte dos seus planos de governo para os próximos anos no sentido de otimizar a aplicação dos recursos públicos.

Segundo ele, o trabalho foi muito bem elaborado e contou com a participação de prefeitos, presidentes de Câmaras, entidades empresariais, de trabalhadores e comunitárias.

– No macro, estão contempladas (as principais necessidades). Pode ser que faltem algumas coisas, mas é para isso que vamos fazer a assembléia geral.

O presidente do Corede/Serra ressalta que o Plano de Desenvolvimento Regional não prevê obras, mas estratégias e projetos para os próximos 15 anos. Porém, mantém expectativa de obras a curto e médio prazo.

– Havendo recursos e buscando recursos, espero que não fique só no papel.

O Corede Serra pretende entregar o documento para o governo estadual até o início do ano que vem.

Conheça os 96 projetos aqui.

COMO VAI SER

O que:
 Assembleia do Plano de Desenvolvimento Regional 2016-2030.
Quando: hoje, a partir das 9h.
Onde: Sala Florense do Bloco M, na UCS.
Quem pode votar: prefeitos, prefeitos eleitos, secretários municipais, vereadores, deputados e representantes de entidades públicas, privadas e organizações sociais.


 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.com3por4: Calendário Pirelli tem fotos de estrelas sem photoshop https://t.co/8y4SdNURHc #pioneirohá 3 minutosRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comRescisões de trabalhadores da Guerra SA, em Caxias, serão anuladas https://t.co/tTEsHxOTSY #pioneirohá 8 minutosRetweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros