"Vamos fazer o corte imediato de, no mínimo, 50% dos CCs", diz Daniel Guerra, candidato de Caxias - Política - Pioneiro

Eleições 201602/10/2016 | 13h38Atualizada em 02/10/2016 | 14h57

"Vamos fazer o corte imediato de, no mínimo, 50% dos CCs", diz Daniel Guerra, candidato de Caxias

O candidato do PRB esteve no jornal Pioneiro na manhã deste domingo

"Vamos fazer o corte imediato de, no mínimo, 50% dos CCs", diz Daniel Guerra, candidato de Caxias Suelen Mapelli/Gaúcha Serra
Guerra foi o último candidato a prefeito a votar em Caxias do Sul Foto: Suelen Mapelli / Gaúcha Serra
Pioneiro
Pioneiro

O corte no número de cargos de comissão da prefeitura de Caxias do Sul foi um dos temas abordados na entrevista com o candidato à prefeitura pelo PRB, Daniel Guerra. O prefeiturável esteve na redação do jornal Pioneiro na manhã deste domingo para uma entrevista à Gaúcha Serra.

— A partir do dia 1º de janeiro nós já vamos cortar de imediato, no mínimo, 50% dos CCs. Este recurso já colocaremos imediatamente na saúde para que podemos abrir a UPA Zona Norte.

Leia mais
Secretário de Caxias é preso fazendo boca de urna em frente a escola
AO VIVO: acompanhe o dia de votação nas cidades da Serra
Imprima e preencha o requerimento de justificativa
Tudo o que você precisa saber para ir às urnas neste domingo
"Os CCs precisam ser o mínimo necessário", diz o candidato a prefeito de Caxias do Sul Francisco Corrêa
"Reeleição é um problema para a socidade", diz Vitor Hugo Gomes, candidato em Caxias


Guerra destacou que, caso seja eleito, as ações prioritárias do seu governo serão na saúde, segurança, educação e emprego. 

— Para isso, vamos fazer o imediato corte de todas as despesas desnecessárias e a recolocação desses recursos nessas áreas — disse.

A aliança partidária também foi abordada durante a entrevista. O candidato do PRB disse que a sua aliança é com a população de Caxias e que o prefeito eleito precisa entender que quem o elege é o povo, e não o partido.

— Mais de 90% da população de Caxias não tem filiação partidária. A população tem a preocupação de que o gestor esteja preocupado com a cidade, não consigo ou com os seus compadrios. A melhor reforma vai acontecer nas urnas. É esta reforma de dizer aos partidos que chega da mesmice, chega da velha política, do retrocesso, do compadrio, chega de usar do público como se privado fosse, e é isso que a população está gritando. E é isso que nós demonstramos. Que o eleito tem que ter a consciência de que quem elege ele é o povo, não o partido.

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comApós repercussão, organizadores desistem de pancadaria no Dia do Soco, em Caxias https://t.co/8UtQmQG3SB #pioneirohá 2 horas Retweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comPioneiro Esportes https://t.co/u511DH3PIJ #pioneirohá 4 horas Retweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros