PMDB propõe correção de rumos para campanha de Edson Néspolo  - Política - Pioneiro

Mirante05/10/2016 | 08h36Atualizada em 05/10/2016 | 08h48

PMDB propõe correção de rumos para campanha de Edson Néspolo 

Nesta quarta-feira, haverá conversa com os representantes das 21 siglas da coligação. Na quinta-feira, será com o candidato a prefeito

PMDB propõe correção de rumos para campanha de Edson Néspolo  Antonio Lorenzett / Divulgação/Divulgação
Reavaliação da propaganda e postura dos candidatos Néspolo e Feldmann soa como alerta  Foto: Antonio Lorenzett / Divulgação / Divulgação


O PMDB vai propor uma correção de rumos na campanha da chapa liderada por Edson Néspolo (PDT) à prefeitura de Caxias do Sul. As mudanças envolvem, por exemplo, o horário eleitoral gratuito, redes sociais e postura dos candidatos.

O PMDB, que detém a vaga de vice-prefeito com Antonio Feldmann, reuniu a Executiva, os vereadores eleitos e alguns suplentes para uma avaliação na noite de segunda-feira.

Leia mais
Tristeza e alegria no reencontro dos vereadores de Caxias do Sul
Veja como foi a votação dos candidatos em cada região de Caxias do Sul
Terceiro vereador mais votado em Caxias, Adiló quer ficar na Câmara
"Imaginávamos vantagem de 30 votos", diz prefeito eleito em Caseiros por um voto de diferença
Eleitor que não votar por biometria terá de refazer coleta de digitais 


O presidente do PMDB, José Luiz Zechin, que coordena os 21 partidos da coligação, vai conversar com os representantes das siglas, nesta quarta-feira, na sede do PMDB, às 18h. Na quinta, ele apresenta as propostas de mudanças para Néspolo.

— Em qualquer processo existem falhas — argumenta Zechin, embora afirme que não estão cogitando não vencer, mas que é preciso ter humildade e respeitar o adversário, o candidato Daniel Guerra (PRB).

Mesmo assim, fala em "reorganizar as forças". Lembra que o PMDB cresceu nesta eleição, elegendo quatro vereadores e teve participação forte, com a presença de líderes, como os ex-governadores Germano Rigotto e Pedro Simon, além, claro, do atual José Ivo Sartori.

Zechin bate na tese de confrontar as ideias e as experiências, confirmando a estratégia governista.

— Queremos mostrar para a comunidade, por exemplo, que a nossa coligação fez 18 vereadores e a do Guerra fez dois. Queremos confrontar as ideias e mostrar quem está mais preparado para conduzir o município.

 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros