TRE mantém impugnação do candidato a prefeito de Farroupilha Bolivar Pasqual  - Política - Pioneiro

Mirante29/09/2016 | 18h32Atualizada em 29/09/2016 | 18h53

TRE mantém impugnação do candidato a prefeito de Farroupilha Bolivar Pasqual 

Decisão se estende a toda chapa, mas a campanha prossegue. Candidato pode ser votado na eleição de domingo

TRE mantém impugnação do candidato a prefeito de Farroupilha Bolivar Pasqual  FAcebook/Reprodução
"Vamos para a urna, nosso trabalho continua", disse Pasqual, anunciando que ingressará novamente com recurso Foto: FAcebook / Reprodução

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) indeferiu, nesta quinta-feira, por unanimidade, o recurso da candidatura de Bolivar Pasqual (PMDB) à prefeitura de Farroupilha, mantendo sua impugnação, e, por consequência, da chapa majoritária da coligação Todos Juntos.

Pasqual teve a candidatura indeferida em 23 de agosto pelo juiz Mário Romano Maggioni, da 61ª Zona Eleitoral de Farroupilha, por entender que o candidato encontra-se com os direitos políticos suspensos até 13 de outubro de 2016. Em 6 de setembro, o indeferimento estendeu-se ao vice Renato Tartarotti (PP), mesmo ele tendo preenchido todas as condições legais.

A decisão do TRE, porém, não impede que a chapa prossiga com a campanha. As urnas já estão carregadas e lacradas. O nome do candidato estará na urna no domingo de votação.

O juiz Maggioni disse que Pasqual poderá ser votado.

— Eles podem aceitar a decisão ou entrar com recurso no TSE.

A votação será normal. A dúvida, segundo Maggioni, é se os votos serão computados ou não.

— Domingo, a gente pode acabar não sabendo qual o resultado da eleição em Farroupilha. Se ele vencer, como está sub judice, não vai se poder proclamar o vencedor. Vai ficar dependendo do julgamento final da impugnação, se houver recurso.

Pasqual, que acompanhou o julgamento, informou que vão ingressar com recurso. Em relação ao pleito de domingo, definiu:

— Vamos para a urna, nosso trabalho continua.

O peemedebista afirma que havendo êxito na eleição, terá condições de assumir. Diz ainda que há um ato falho na data de término da suspensão de seus direitos políticos. O entendimento de sua defesa é de que se encerra em 1º de outubro (sábado). O candidato entrará com recurso em busca desta correção no TJE. Após, há a possibilidade de ingressar no TSE.

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comEncontro de fuscas em Caxias, neste domingo, deve reunir 500 exemplares https://t.co/echSI8VhVX #pioneirohá 7 horas Retweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comColisão frontal resulta em duas mortes na ERS-324, entre Nova Araçá e Paraí https://t.co/uZ47daoAV3 #pioneirohá 9 horas Retweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros