Conheça o candidato a vereador mais novo e também a mais idosa de Caxias - Política - Pioneiro

Disputa29/09/2016 | 11h02Atualizada em 29/09/2016 | 11h02

Conheça o candidato a vereador mais novo e também a mais idosa de Caxias

Eles entram na disputa com propostas para públicos das suas faixas etárias e estreiam na corrida eleitoral 

Conheça o candidato a vereador mais novo e também a mais idosa de Caxias Jonas Ramos/Agencia RBS
Filipe e Therezinha são de partidos diferentes, mas concordam que é preciso renovação na política Foto: Jonas Ramos / Agencia RBS

Caxias do Sul tem candidato a vereador dos 18 aos 80 anos, que apostam em redes sociais ou convencionais apertos de mão para fisgar votos em campanha. São 63 anos de diferença entre o nascimento do mais jovem candidato nestas eleições, Filipe Binotti Pessoa (Rede), e a veterana Therezinha Rosa de Antoni (PP), prestes a completar 81 anos. Eles entram na disputa com propostas para públicos das suas faixas etárias e estreiam na corrida eleitoral certos de que, independentemente da idade de cada um, estão prontos para praticar a falada "renovação".

Filipe torna-se conhecido nesta campanha por registrar em cartório as propostas que divulga nas ruas. O jovem está matriculado no Instituto Federal de Caxias do Sul, no curso de Fabricação Mecânica, além de frequentar outros cursos em Porto Alegre. Ele não quis concluir o ensino médio por acreditar que o método está defasado e, caso seja eleito, pretende colocar o assunto em discussão. Morador do bairro Pioneiro, o jovem se diz envolvido na política desde épocas dos grêmios estudantis. Agora que tem visitado os amigos para pedir voto, fez uma triste constatação: boa parte deles optou por não fazer o Título de Eleitor, demonstrando não se importar com política. Mesmo assim, quando parte para a abordagem dos eleitores nos bairros, usa a idade como argumento por acreditar passar credibilidade e inquietação:

— Eu me apresento como o candidato mais novo da cidade e as pessoas param para me escutar. Já é um bom começo — avalia.

Se Filipe usa a juventude como fator positivo, dona Therezinha não fica para trás: acredita que a experiência também conta pontos com o eleitor. Ela concorre por convite do filho, já que a família é filiada ao Partido Progressista há anos. Moradora do bairro São José, foi atuante na comunidade por décadas. Afastou-se um pouco das atividades por problemas de saúde. Therezinha aposta em votos de amigos da mesma idade.

Sente-se à vontade nas ruas, levando a mensagem de que gente de sua idade precisa de mais atenção. Sonha em espalhar mais casas onde idosos possam passar o dia, voltando aos lares à noite. Afinal, não são todos que têm o privilégio dela, de viajar para águas termais ou do aconchego de dois filhos e três netas _ "lindas de viver", acrescenta. Para concorrer, procurou o aceno positivo dos amigos da comunidade e até do padre da paróquia que frequenta. 

— Estou nessa para mostrar que não somos nem muito jovens nem muito velhos para nada nesta vida — defende.

 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros