Programas eleitorais dão o tom da disputa na estreia em Caxias do Sul - Colunas da seção Mirante - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 
 

Mirante09/10/2020 | 18h34Atualizada em 09/10/2020 | 18h43

Programas eleitorais dão o tom da disputa na estreia em Caxias do Sul

Confira como foi na TV

Programas eleitorais dão o tom da disputa na estreia em Caxias do Sul Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Primeiro turno da eleição será no dia 15 de novembro Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

O primeiro programa eleitoral na TV, nesta sexta-feira (9) deu o tom de como os candidatos pretendem se posicionar. Teve manifestação de Edson Néspolo (PDT) remetendo à eleição passada em que perdeu para Daniel Guerra (Republicanos), dizendo não ter mágoas. Teve o ex-prefeito Guerra, que não é candidato, mas é figura prioritária para a campanha do Republicanos, dominando o espaço. O que chamou atenção foi o fato de os candidatos Júlio Freitas a prefeito e Chico Guerra a vice não aparecerem.

Pepe Vargas (PT), que também disputou em 2016, como era previsto, relembra seu governo, puxando pela primeira eleição a prefeito em 1996, reproduzindo horário eleitoral da época. 

Vários programas falam em Caxias voltar a ser grande, feliz, ter entendimento. Uma alfinetada no Governo Guerra e suas polêmicas. Os programas de Renato Nunes (PL) e Antonio Feldmann (Podemos) não foram ao ar. No espaço deles, entraram imagens do TSE. 

Confira a seguir um resumo de como foram os programas desta sexta-feira.

Vinicius Ribeiro no programa eleitoral<!-- NICAID(14613434) -->
Vinicius Ribeiro é o candidato a prefeito pela coligação DEM/PSDFoto: Programa eleitoral / Reprodução

"Não existe solução mágica"

O candidato a prefeito Vinicius Ribeiro (DEM) foi quem abriu o horário eleitoral, sorridente, se apresentando, "nascido e criado em Caxias", diz. Ele presta solidariedade aos que perderam familiares, amigos e colegas.

_ Eu entendo a dor de cada um. Em 2009, perdi meu pai para o H1N1. É duro, mas a vida tem que seguir _ diz Vinicius.

Na sequência, nas réplicas na Festa da Uva, ele diz que não vai prometer o impossível _ "aliás, não existe solução mágica" _ define.

Já em imagens na Praça Dante Alighieri, acrescenta: "vamos voltar a ser a Caxias feliz, a Caxias das oportunidades. Pode confiar".

O PSD integra a coligação.

Adiló Didomenico e Paula Ioris no programa eleitoral<!-- NICAID(14613426) -->
Adiló é o candidato a prefeito e Paula é a viceFoto: Programa eleitoral / Reprodução

"Abre os olhos"

O programa da coligação Levanta Caxias (PSDB, PTB, Solidariedade, PTB, PSC e PROS) mostra imagens de Adiló Didomenico e Paula Ioris, candidatos a prefeito e vice, respectivamente, mas sem eles se manifestarem.

"Abre os olhos e vem caminhar do meu lado. Nosso tempo é agora. Ele tem nos mostrado. Que ficou para trás, bem atrás, no passado. A cidade que um dia sempre seria a melhor do Estado", diz o jingle, mostrando produção agrícola, pessoas, comércio, metalurgia, entre outros. 

É perceptível que trata-se de uma espetada no Governo Guerra.

"Levanta Caxias, o teu lugar é sempre o primeiro", prossegue a música, com os candidatos sorridentes. Mostra ainda os dois e outros participantes levantando os braços, em referência ao slogan.

Programa eleitoral de Marcelo Slaviero (NOVO)<!-- NICAID(14613273) -->
Marcelo Slaviero diz que vai revogar leis inúteisFoto: Programa eleitoral / Reprodução

"O plano é desburocratizar"

Marcelo Slaviero (NOVO),  aproveita o seu tempo, que é o menor de todos os candidatos, para dar seu recado, dizendo:

_ O plano é desburocratizar, revogar leis inúteis, cortar 25% das secretarias e cortar 50% do imposto sobre serviços.

Aparece apenas o candidato a prefeito. Ao final, consta: "Este programa foi produzido sem dinheiro público".

Programa eleitoral de Renato Toigo (PSL)<!-- NICAID(14613271) -->
Renato Toigo fala em humildade Foto: Programa eleitoral / Reprodução

"Pés no chão"

O programa de Renato Toigo (PSL) abre com o deputado estadual Ruy Irigaray pedindo voto no 17, com o quadro do presidente Jair Bolsonaro ao fundo. 

Toigo, por sua vez, fala da caminhada para concorrer à prefeitura de Caxias do Sul, com humildade e pés no chão, uma campanha que não vai ser muito grande em vista da pandemia e que farão o melhor que puderem para dizer para a população caxiense qual é o  programa da chapa. Não há imagens externas.

Programa eleitoral de Edson Néspolo (PDT)<!-- NICAID(14613355) -->
Néspolo diz que respeitou a escolha de Caxias na eleição passadaFoto: Programa eleitoral / Reprodução

"Quero olhar para a frente"

O candidato Edson Néspolo (PDT) diz que na eleição passada conquistou o voto de mais de 100 mil pessoas. E afirma:

_ Respeitei a escolha de Caxias e aprendi com isso, sem mágoas. Agora chegou a hora. Quero olhar para a frente.

O vice, Edson da Rosa (PP), diz:

_ Agora é diálogo e entendimento.

_ O Edson e eu estamos preparados para liderar esse novo ciclo. E tu é fundamental para nos ajudar nisso _ completa Néspolo.

O jingle usa o nome da coligação Caxias Vibrante e diz: "e vai confiante porque agora é Néspolo".

Pepe Vargas no programa eleitoral<!-- NICAID(14613564) -->
Pepe Vargas aparece em programa de quando se elegeu prefeito pela primeira vezFoto: Programa eleitoral / Reprodução

"Hora de acertar"

O espaço de Pepe Vargas começa mostrando o candidato petista em seu programa eleitoral de 1996, quando foi eleito prefeito pela primeira vez, falando do Orçamento Participativo e o que seria feito.

Na sequência, pessoas aparecem destacando o que ele fez. Após, seguem-se imagens da cidade atual com neblina e o jingle diz "estamos vivendo um tempo diferente, é só olhar pra nossa gente, ver a incerteza no ar, falta trabalho, saúde, segurança. Na sequência, aparece o candidato, e prossegue a música "o Pepe é o voto da esperança, tá na hora de acertar".

O PT concorre coligado com PCdoB e PSOL. O vice Claudio Libardi Júnior (PCdoB) aparece em cena de gravação de programa eleitoral. O 13 no final do programa vem em amarelo.

Daniel Guerra no programa eleitoral de Júlio Freitas e Chico Guerra (os candidatos não apareceram)<!-- NICAID(14613438) -->
Ex-prefeito não é candidato, mas só ele apareceu no programa do RepublicanosFoto: Programa eleitoral / Reprodução

"Farsa do impeachment"

No programa do Republicanos, o destaque é o ex-prefeito Daniel Guerra falando sobre o impeachment, como era esperado. Mostra cenas do dia de sua eleição e depois ouve-se sua voz e aparece ele falando sobre o impeachment:

_ A farsa do impeachment começou logo ao assumirmos a prefeitura no início de 2017, logo após as eleições. Os vereadores de Caxias do Sul não aceitaram a derrota e logo se armaram, a tentar de tudo para não deixar o prefeito eleito e sua equipe governar.

A apresentadora pergunta:

_ É justo que um prefeito eleito por larga maioria da população seja retirado do cargo pela manipulação de uma das Câmaras de Vereadores mais improdutivas que Caxias já viu?

A intenção é que o eleitor grave a imagem do ex-prefeito como se ele fosse o candidato. 

Programa eleitoral de Carlos Búrigo (MDB)<!-- NICAID(14613354) -->
Carlos Búrigo fala em experiência e diz que é transparenteFoto: Programa eleitoral / Reprodução

"Vamos resolver os problemas da cidade"

A propaganda do candidato Carlos Búrigo (MDB), da coligação com PSB, Avante e Cidadania, diz: "é o cara certo na hora certa." Ele fala da pandemia e se solidariza com os que estão sofrendo com esta situação. Diz que veio de São José dos Ausentes e foi acolhido pela cidade, que hoje tem orgulho de representar como deputado estadual.

Naturalmente, cita sua atuação ao lado de Sartori e mostra imagens com ele. Chama atenção quando diz:

_ Agora, chegou a vez de contribuir com a minha Caxias.

Búrigo diz que eles têm projeto, fala em experiência e que é transparente e diz a verdade. E faz promessa:

_ Nós vamos resolver os problemas da cidade. Eu e meu vice, Elói Frizzo, estamos aqui para abraçar este desafio e abraçar Caxias.

Ao final, aparecem cenas dele com Frizzo em contato com populares.

Nelson DArrigo (patriota) no programa eleitoral<!-- NICAID(14613427) -->
D'Arrigo pede que acompanhem suas redes sociaisFoto: Programa eleitoral / Reprodução

"Construir juntos"

Nelson D'Arrigo (Patriota) se apresenta, fala do pouco tempo que tem no horário eleitoral, pede para que acompanhem a campanha nas redes sociais.

_ Vamos juntos construir a Caxias que nós queremos _ diz.

Fora do ar

O candidato do Podemos, Antonio Feldmann, justificou que tiveram problema burocrático, técnico e financeiro, mas já foi resolvido.

_ Enfrentamos algumas dificuldades para fazer a operacionalização _ afirmou o candidato sobre não terem apresentado o primeiro programa.

Renato Nunes (PL) afirmou que foi muita complicação.

_ Tem que pagar para enviar os vídeos para a plataforma. A nossa verba atrasou para vir. A gente não sabia disso _ falou o candidato.

Estratégia

Sobre os candidatos do Republicanos não terem se apresentado ao eleitor, a assessoria da chapa majoritária informou:

"Nossa estratégia é contar a história dos nossos três anos de governo, o que Caxias perdeu com o impeachment e este ano de governo ilegítimo e apontar os caminhos para os próximos quatro anos. Hoje, foi só primeiro capítulo."

Freitas e Chico estarão no segundo programa.

Leia também
Candidato do PDT a prefeito de Caxias publica foto com ex-governador do MDB
"Justiça foi feita", afirma vereador de Bento após suspensão de cassação

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros