"Não é possível abrir mão de receita", diz candidato a prefeito de Caxias à direção da CIC - Colunas da seção Mirante - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 
 

Mirante26/10/2020 | 15h57Atualizada em 26/10/2020 | 15h57

"Não é possível abrir mão de receita", diz candidato a prefeito de Caxias à direção da CIC

Júlio Freitas também falou sobre respeitar o resultado das urnas

"Não é possível abrir mão de receita", diz candidato a prefeito de Caxias à direção da CIC Karine Zanardi/Divulgação
Júlio Freitas (segundo à direita) e Chico Guerra (segundo à esquerda) com diretoria da CIC de Caxias Foto: Karine Zanardi / Divulgação

A Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC) recebeu, nesta segunda-feira (26), os candidatos a prefeito e vice pelo Republicanos, Júlio Feitas e Chico Guerra. O presidente Ivanir Gasparin falou sobre a importância de se criarem oportunidades para o crescimento da cidade, em diferentes áreas.

_ São legítimas as posições políticas de cada cidadão e nós as respeitamos. Mas as entidades representativas da sociedade têm que respeitar o resultado das urnas, não podem se pautar por bandeiras ideológicas, e, sim, pelo interesse coletivo, independente de suas aspirações pessoais _ destacou Freitas.

Disse ainda que é uma irresponsabilidade, ou falta de conhecimento da administração pública, falar em redução de tributos em tempo de recessão, como têm feito alguns concorrentes.

_ Não é possível abrir mão de receita em uma época de queda de arrecadação e aumento da demanda por serviços públicos. Se fizer isso, vai faltar remédio, vai faltar vaga na escola, e ainda poderá responder por improbidade administrativa. Nós não vamos abrir mão de receita, mas temos o compromisso de não elevar a carga tributária _ disse Freitas.

Leia também
ÁUDIO: "Vamos buscar pessoas técnicas", diz candidato a prefeito de Caxias pelo PL, Renato Nunes
Efeito impeachment ainda não decolou na campanha eleitoral em Caxias do Sul

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros