Cobranças de obras e valorização do professor, veja momentos do horário eleitoral em Caxias do Sul - Colunas da seção Mirante - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 
 

Mirante15/10/2020 | 19h04Atualizada em 15/10/2020 | 19h49

Cobranças de obras e valorização do professor, veja momentos do horário eleitoral em Caxias do Sul

Confira as declarações que chamaram atenção nesta quinta-feira

Cobranças de obras e valorização do professor, veja momentos do horário eleitoral em Caxias do Sul ./.
Foto: . / .

A coluna presta atenção às polêmicas, detalhes e lances inusitados da campanha em rádio e tevê.

Júlio Freitas e Chico Guerra (Republicanos) no horário eleitoral<!-- NICAID(14617700) -->
Júlio Freitas e Chico Guerra falaram sobre UBS no Loteamento Vila RomanaFoto: Horário Eleitoral / Reprodução

"Governo tampão"

Cobranças de obras não realizadas chamaram atenção em programas eleitorais apresentados nesta quinta-feira (15) à tarde.

O candidato a vice-prefeito Chico Guerra estava com o candidato a prefeito Júlio Freitas, do Republicanos, no Loteamento Vila Romana, no Desvio Rizzo, e disse:

_  O governo tampão deu as costas para esta comunidade.

Freitas havia afirmado que trabalharam (no Governo Daniel Guerra) para viabilizar uma nova UBS no local, com projeto e dinheiro para a obra.

Adiló Didomenico (PSDB) no horário eleitoral<!-- NICAID(14617716) -->
Adiló disse que ia dar uma passadinha no Loteamento Caravaggio IIFoto: Hiorário Eleitoral / Reprodução

Dirigindo até o loteamento

Depois, foi a vez do candidato a prefeito Adiló Didomenico (PSDB) cobrar. Ele apareceu dirigindo no programa eleitoral desta quinta-feira (15), dizendo que ia aproveitar e dar uma passadinha no Loteamento Caravaggio II.

Ao informar que está na divisa do Caravaggio II com o Glória, o candidato diz que foi verificar uma obra que encaminhou projeto ainda no final de sua gestão (como secretário de Obras). Uma escadaria comunitária ligando os dois loteamentos.

_ Lamentavelmente, em quase quatro anos, nada foi feito.

Mudou

O PSL mudou o programa, e o candidato a prefeito, Renato Toigo, apareceu em frente ao Hospital Geral, vestindo uma camiseta de apoio à conclusão das obras.

Carlos Búrigo (MDB) falou de mobilidade urbana, Vinicius Ribeiro (DEM) também falou de saúde e Antonio Feldmann (Podemos) de seu projeto Orçamento Cooperativo e Solidário.

Impulsionadora

Edson Néspolo (PDT) abordou o emprego (ou a falta dele) e plantou uma frase:

_ A prefeitura tem que ser uma impulsionadora e não uma dificultadora.

Aproveitou para falar do projeto Tudo Fácil Empresa, que pretende acelerar a emissão de documentos para incentivar as empresas locais e buscar novas para se instalar em Caxias.

Dia do Professor

No programa eleitoral da tarde, apenas Pepe Vargas (PT) e o vice referiram-se aos professores no Dia do Professor. Falou de um salário justo e defendeu uma cidade em que a educação seja a base de tudo.

Os vices

Pepe também lembrou que foi o primeiro prefeito de Caxias a ter uma mulher como vice-prefeita, ao mesmo tempo em que aparecia foto de Marisa Formolo Dalla Vecchia.

E completou:

_  O (Cláudio) Libardi é um jovem (tem 25 anos), com certeza a gente tem a chance de ter o mais jovem vice-prefeito da história da nossa cidade.

Leia também
Candidato a vice-prefeito de Caxias se licencia do mandato de vereador
Confira algumas declarações em encontro de candidatos de Caxias do Sul com distritos

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros