Candidato a vice-prefeito pela coligação Avança Caxias Vibrante se licencia do mandato de vereador - Colunas da seção Mirante - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 
 

Mirante20/10/2020 | 11h32Atualizada em 20/10/2020 | 11h52

Candidato a vice-prefeito pela coligação Avança Caxias Vibrante se licencia do mandato de vereador

O primeiro suplente é Adriano Bressan (PTB)

Candidato a vice-prefeito pela coligação Avança Caxias Vibrante se licencia do mandato de vereador Gabriela Bento Alves/Divulgação
Edson da Rosa (PP) protocolou requerimento nesta terça-feira Foto: Gabriela Bento Alves / Divulgação

O vereador Edson da Rosa (PP) solicitou licença do mandato na Câmara de Caxias do Sul por 30 dias, a partir de quinta-feira (22). Ele é candidato a  vice-prefeito na chapa liderada por Edson Néspolo (PDT). O requerimento foi protocolado na Secretaria da Casa nesta terça-feira (20). 

Será aberta vaga ao primeiro suplente da coligação União por Caxias (MDB/PTdoB), Adriano Bressan, hoje no PTB. Ele fez 1.970 votos nas eleições de 2016. Bressan assume na quinta-feira. Edson da Rosa e Bressan foram eleitos pelo MDB, mas trocaram de partido em abril deste ano. Bressan é candidato a vereador.

Leia mais
Candidato a vice-prefeito de Caxias se licencia do mandato de vereador
Pré-candidato a vice-prefeito de Caxias diz que vai se licenciar do mandato de vereador na campanha 

O candidato a vice-prefeito diz que a decisão é pessoal, para que possa se dedicar integralmente à campanha eleitoral. 

_ Solicitei a licença interesse, que não prevê remuneração. Sei que não há ilegalidade em permanecer na função, mas quero trabalhar com muita transparência, como sempre fiz na minha vida pública _ declara.

Edson Néspolo e Edson da Rosa integram a coligação Avança Caxias Vibrante (PDT, PP, PV e Rede).

O candidato a vice-prefeito Kiko Girardi (PSD), que integra a chapa ao lado do candidato a prefeito Vinicius Ribeiro (PSD), se licenciou na semana passada, também por 30 dias, sem remuneração. Nesta terça-feira, o suplente Pedro Rodrigues (PSC) assumiu a vaga de Kiko. Rodrigues também é candidato a vereador.

No final de setembro, questionado se iria se afastar do mandato para a campanha eleitoral, Edson da Rosa respondeu: "Estamos cumprindo a legislação eleitoral". 

A legislação permite fazer campanha sem se licenciar.

Leia também
A cidade é de todos: o futuro prefeito de Caxias e o desafio de melhorar o transporte coletivo
A cidade é de todos: as sugestões de especialistas para a mobilidade urbana em Caxias do Sul
A cidade é de todos: o exemplo de Bogotá para a mobilidade urbana
10 temas para Marcelo Slaviero, candidato a prefeito de Caxias do Sul

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros